Home
Homenagem


Homenagem | Mulheres de fé e reação
Wednesday, 13 March 2019 00:00


Quando nos dispomos a falar sobre o Dia da Mulher, em especial nós do segmento evangélico, olhamos para a Palavra de Deus e encontramos verdadeiras lendas que acabaram por virarem referenciais. Mulheres como Débora, que governou Israel; como Abgail, que pacificou o coração do Rei Davi; Raabe, que lutou contra tudo e todos para não cair no fatalismo; Rute, a mulher fiel, leal e dedicada à sua sogra; Ana, mulher de oração que acreditava nas promessas de Deus... Poderíamos enumerar muitas mais. Mas não podemos deixar de mencionar, Maria, a mãe de nosso salvador.

Poderíamos sair do víeis cristão e ir para a história da humanidade, mais precisamente a que conseguimos abarcar, os últimos dois mil anos de nossa existência. Vamos encontrar nesse período mulheres que escreveram a nossa história de uma forma maravilhosa. Joana D’arc na França, importante personagem na guerra contra os ingleses; Madre Teresa de Calcutá, talvez o maior nome da caridade de todos os tempo; Margareth Thatcher, primeira mulher a ocupar um posto de primeiro-ministro no Reino Unido; E uma da minha terra: Cora Coralina, poetisa, doceira de profissão, que alheia aos modismos literários nos revelou o modo simples de vida de Goiás Velho, cidade no interior de Goiás. E poderíamos ir muito mais além, no nosso século mesmo, com Princesa Diana, Benazir Bhutto, Evita Peron, Indira Ganhi etc.

Há também as que romperam com os limites culturais de seu tempo e espaço como a primeira mulher a conduzir um avião, a trabalhar numa fábrica, a que voou em um foguete no espaço, as que diligentemente conduziram países, as que administraram grandes corporações, as que quebraram barreiras éticas por ser a primeira mulher negra a se sentar em um banco de ônibus aqui nos Estados Unidos e as mulheres que salvaram vidas.

Você sabia que as escadas de incêndio, botes salva vidas, a primeira linguagem de programação de computador, a seringa e inúmeras outras coisas foram inventadas por mulheres? E você gosta de WI-FI? Pois é, Hedy Lamarr, uma atriz austríaca, foi quem inventou a base para tudo o que conhecemos de WI-FI e GPS em nossos dias.

Mas olhamos e vemos tudo isso tão distante de nós, e muitas vezes nos esquecemos das mulheres que estão fazendo história no nosso tempo, e aqui mesmo, em Atlanta e cidades circunvizinhas. Mulheres que merecem ser notadas e honradas não somente durante um dia do mês de março, mas todos os dias do ano, pela forma como escrevem a nossa história aqui na América.

Mulheres que todos os dias ao se levantaram despedem-se de seus maridos e filhos para realizarem os seus sonhos e de seus familiares através do trabalho de limpezas de casas, de recepcionistas, de motoristas de Uber, muitas delas também na construção, outras como editoras de revistas, médicas, empresárias do ramo cosmético, secretárias, advogadas, baby sitters e inúmeras outras profissões. E depois de longas horas de trabalho, ainda enfrentam algumas horas para aprender um outro idioma ou outra formação. Voltam para os seus lares, onde a família lhe espera, para desempenharem juntos as funções familiares.

Mulheres de mudanças, transformações e revoluções, movimentando-se sempre em direção a algo maior e melhor. Mulheres que lutam contra o fatalismo que lhes é imposto por situações duplamente piores do que, às vezes, é imposto a um homem. Assim como na história bíblica, bem como na história recente da humanidade, aqui em Atlanta-GA e em outras partes da América, encontramos mulheres que todos os dias tomam decisões firmes, mesmo que isso signifique ir contra tudo e todos para obter a realização de sonhos.

Mulheres que acreditam nas outras pessoas, porque aprenderam a batalhar não somente por elas, mas pelo próximo também. Quantas ações humanitárias e filantrópicas não são realizadas em nosso meio encabeçadas por mulheres que sonham os sonhos dos outros; que acreditam onde outros desistiram, que dizem não à passividade; que têm uma fé enorme seguida de atitudes e ações.

Sei que vai soar como defesa em causa própria, mas há mulheres de lideranças religiosas, conhecidas às vezes como "a mulher do pastor" ou "a pastora", às vezes sem nome, sem identidade, somente a mulher do fulano ou sicrano. Mas estas são mulheres que sustentam toda uma comunidade com suas preces e sacrifícios, cujas casas se tornam hotéis e restaurantes para pessoas que chegam de outros lugares e não têm para onde ir. Mulheres que, em determinados momentos, estão chorando as suas crises e limitações, e ao mesmo tempo sorrindo para a vida, porque outras vidas dependem do seu sorriso.

A nossa comunidade é riquíssima em mulheres extremamente competentes naquilo que fazem sem perder a sua feminilidade, mostrando ao mundo que é possível sim, vencer, mesmo quando tudo conspira contra, que aceitam os desafios em função do grande amor que reside em vossos corações. Mulher é a expressão máxima da vida, do amor e da cumplicidade.

Parabéns a todas a mulheres de nossa comunidade! Nós a honramos como nos ensina a Bíblia, como se honra um rei. A história dos Estados Unidos da América é feita de mulheres como as nossas, brasileiras, que tiraram forças de onde não tinham para escrever histórias de sucesso.



Pastor Marcos Muniz
Igreja Assembléia de Deus Restaurando Vidas em Atlanta

Last Updated on Wednesday, 13 March 2019 18:27
 
Homenagem | Morre o Dr. Roberto Kikawa do CIES Global
Wednesday, 21 November 2018 00:00


A família CIES Global está de luto. O anúncio do falecimento do seu fundador e diretor executivo, Roberto Kunimassa Kikawa, vítima da violência na cidade de São Paulo, após disparos de tiros em um assalto, deixou todo o estado de São Paulo e a comunidade brasileira de Atlanta em choque.

O médico gastroenterologista, de 48 anos, foi o fundador do Projeto CIES – Centro Integrado de Educação e Saúde, em 2008. O projeto surgiu após uma promessa que ele fez ao pai, vítima de um câncer. Dr. Kikawa jurou ao seu pai, ser um médico mais humano, que olhasse nos olhos das pessoas e as atendesse com a atenção que os pacientes mereciam.

Dez anos depois, o Dr. Kikawa deixa um legado de mais de dois milhões de pacientes do SUS acolhidos nas centenas de unidades móveis e modulares do CIES Global e cerca de 600 profissionais de Saúde e Administrativos engajados com o que ele chamava de “DNA do Amor”.

O Dr. Kikawa afirmava que o atendimento médico precisa ser feito com o “DNA do amor”. Ao contrário de muito médicos que costumam atender com pressa seus pacientes, o Dr. Kikawa passava muito tempo dando atenção a cada um que atendia, ouvindo, perguntando e orientando.

Na juventude, Kikawa chegou a estudar Teologia e tinha o desejo de ser um médico missionário na África, mas, segundo ele, ao começar a trabalhar como voluntário na Zona Leste da cidade de São Paulo, descobriu uma África que não estavam vendo e começou a se dedicar com afinco em prol dos mais carentes.

Em 2016, o Dr. Kikawa foi morar em Atlanta, com a esposa e os dois filhos. Seu projeto ganhou espaço também fora do Brasil, em países como Paraguai, Colômbia e aqui, nos Estados Unidos. Um dia antes de ser assassinado, o médico revelou que tinha fechado um acordo com o governo da Nigéria para levar as carretas da saúde ao país, era um sonho dele de trabalhar na África que iria se realizar.

A clínica do CIES Global veio para Atlanta em 2017, resultado do esforço e diplomacia do Dr. Kikawa, que queria trazer o seu conceito inovador de saúde para as comunidades daqui. Dessa maneira, foi inaugurada a Clínica do CIES Global USA para atendimento médico acessível e de qualidade para a comunidade brasileira na Geórgia.


Sobre o CIES Global


O CIES Global é uma organização sem fins lucrativos que oferece à população de alta vulnerabilidade social acesso a exames médicos de média complexidade, por meio de unidades modulares e de um sistema de gestão de saúde. Tratar, educar e prevenir são os conceitos que os norteiam.

Os diferenciais do CIES Global são: acessibilidade à saúde a partir das unidades modulares; integralidade com o Programa de Medicina Preventiva (PMP) e Cartão da Saúde; sustentabilidade a partir de parcerias entre empresas, instituições e poder público.

No Brasil, desde 2015, a Rede Hora Certa Móvel do CIES tornou-se política pública na cidade de São Paulo, com a Lei de nº 16.133/2015. Em 2016, o CIES atingiu a marca de 108 unidades modulares em todas as regiões de São Paulo, em 12 locais de atuação, com 250 colaboradores, 120 médicos especialistas e mais de 770 mil pacientes atendidos.

O CIES já ajudou milhares de brasileiros em Atlanta em sua clínica e unidade móvel em Marietta, GA. O Programa Médico Preventivo (PMP), uma solução inovadora que orienta os pacientes sobre suas condições de saúde e os riscos que correm através de uma consulta médica e conclusão de exames simples e rápidos.

Devido à grande demanda de brasileiros que vivem na Geórgia e necessitam de cuidados médicos acessíveis e de qualidade, o CIES Global iniciou o projeto para trazer para a nossa comunidade o seu programa e sua equipe de profissionais. O foco do CIES Global USA é o mesmo do programa no Brasil, a de prevenção, principalmente de doenças como as cardiovasculares, que estão entre as principais causas de morte prematuras (antes dos 70 anos de idade) em todo o mundo; doenças respiratórias; câncer e diabetes.

O CIES Global USA completou um ano de existência nos Estados Unidos no mês de novembro. Desde a sua inauguração, a clínica, além dos serviços de orientação médica; aferição de sinais vitais; teste de glicemia; teste de colesterol total, HDL, LDL e triglicérides; índice de massa corpórea (IMC); avaliação de risco cardiovascular; Risco de Michigan, Risco de Framingham (Questionários que auxiliam o médico na avaliação do seu risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares), passou também a oferecer outros serviços, como odontológicos; atendimento de life coaching e educational therapy; nutrição; programa de membership; prescrições de medicamentos; exames laboratoriais completos; tratamento e acompanhamento de doenças crônicas; cardiologia completa, pediatria; ginecologia preventiva completa (papanicolau, exames hormonais etc.) e exames específicos para homens, além das ações de saúde do CIES em parceria com o Consulado Geral do Brasil em Atlanta, para oferecer ajuda financeira a um número limitado, todo mês, de brasileiros para terem acesso a exames e outros serviços médicos oferecidos pelo CIES.

A equipe do CIES Global USA aproveita para agradecer às centenas de mensagens de carinho e conforto pelo falecimento do Dr. Roberto Kikawa. Estamos orgulhosos de poder fazer parte deste projeto e poder trazer saúde de qualidade e acessível para a Comunidade Brasileira de Atlanta.


A família CIES.

Last Updated on Wednesday, 21 November 2018 18:11
 
Homenagem | Parabéns, Mulher!
Friday, 16 March 2018 00:00


Dia 8 de março é o Dia Internacional da Mulher, uma data que foi reconhecida oficialmente em 1977 pelas Nações Unidas, mas os eventos que resultaram nessa comemoração internacional são bem anteriores, quando as mulheres iniciaram suas lutas por igualdade e espaço para discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais sofridas. A luta é contínua, mas podemos deixar passar a oportunidade de celebrar esse ser incrível que Deus criou.

Nessa data comemorativa, decidimos meditar um pouco sobre o assunto. Deparamo-nos com Provérbios 31 que fala sobre a mulher virtuosa e essa mulher é claramente um exemplo, ela expressa e inspira tudo aquilo que Deus espera de nós. O versículo 25 diz: “Ela está vestida de força e dignidade e sorri sem medo do futuro”. A força significa o quanto ela está pronta para enfrentar desde as tarefas diárias até mesmo as tempestades que invadem as nossas famílias. A dignidade diz respeito ao seu caráter, a sua integridade, uma mulher exemplar. Ela não tem preocupações com o dia de amanhã. A Senhora de Provérbios 31 não tem nenhuma ansiedade quanto o que acontecerá no futuro, pois além de sempre estar preparada para qualquer situação que possa surgir, ela confia e espera em Deus e quem verdadeiramente está com Deus não se deixa invadir por preocupações futuras.

A preocupação é a maior causa de angustia e ansiedade em nós mulheres, afinal nós sempre estamos agindo por antecipação e muitas vezes não vivemos o agora por deixar o amanhã tomar conta de nossas mentes. Não se preocupar com o dia de amanhã exige muito trabalho, mas não é impossível.

A palavra do Senhor nos ensina que basta cada dia o seu próprio mal, então por que não deixamos que cada situação aconteça no seu tempo certo? Que tal a partir de hoje praticarmos ser como essa mulher e deixar o amanhã nas mãos do Senhor? Ele tem cuidado de nós a cada dia, portanto derrame todas as suas emoções, preocupações, angústias e ansiedade nas mãos dEle e viva cada dia de forma completa.

Seja a mulher que você quer ser!

Feliz Dia Internacional da Mulher!



Por Ana Paula Tozzo e Camila Abatti Goulart
Coordenadoras da Célula Entre Elas da AD Restaurando Vidas

Last Updated on Friday, 16 March 2018 18:16
 
Homenagem | Mães: Um amor tão seu!
Monday, 18 May 2015 00:00


São elas a melhor tradução do amor incondicional. Menestréis na arte de amar, essas sábias mulheres resgatam a caridade na sua doce essência. Conhecidas também como “mamãe”, “mainha”, “mamãezinha”, “minha mãe”, “mãezinha”.... todas são rainhas.

Virtuosas na sua essência, amam com extravagância os filhos seus. Com maestria amparam, ensinam, disciplinam, abraçam, acalmam, curam, criam, abençoam... e são os seus braços o melhor abrigo onde a alma se aquieta e onde se escuta um canto de Deus. Santas, divertidas, inexatas, divinas, bem-aventuradas, desmedidas, genitoras de tantas vidas, que se multipliquem os seus dias, mulheres divinas!

Sempre presentes, passam por cima da vaidade e do orgulho, algumas vezes protelando seus sonhos, como se seus corações morassem fora dos corpos, pendurados no céu. Ousando desafios jamais sonhados, se reinventam em tantas gentes e em tantos papéis... Ouvem o silêncio, advinham pensamentos, adiam emoções... desprendidas, amam mais que qualquer outra criatura, nos ensinando o que mais queremos ser.

Cheias de graça, nos olhos, lágrimas, preparam suas crias para o mundo, sem saber do futuro.... seus meninos querem colo, fazem planos, seguem rumos. Nelas não há mágoa, nem lugar pra depois, apesar da saudade tão doída e veloz, dão seguimento a vida, seguindo a multidão.

Dos absurdos que a vida traria, algumas experimentaram o mal da solidão. Sem dó, sem parecer, sem avisos sobre o seu destino, no pranto, tiveram que seguir, levando pra longe o lamento, trazendo um sorriso e a força para viverem. E não pensem que é fácil seguir sem vocês, filhos seus.

Outro dia, num gole amargo, ouviu-se um grito que nunca adormeceu. − Meu amorzinho, onde está você? Perdida? Sozinha? Por que não te encontrei? Já é hora de deitar. Onde você está? Que faço agora pra dormir? Me liga, avisa, diga se você vem! − Era a despedida. Um coração quase parou... De tanta dor, de frio... Quem viu, também chorou...

Não esqueçamos de nossas meninas, nas nossas preces, nas nossas idas e vindas, nas alegrias e agonias, em algum momento, celebre-as, visite-as! Algumas disfarçadas de tias, outras de madrinhas, nos seus gestos, todas são mãezinhas... Não deixem o tempo passar em vão! À todas as essas heroínas, filhas de outras tantas filhas, de uma fé jamais corrompida, nossa eterna gratidão! De tantas noites mal dormidas, vencidas pelo cansaço e pela correria, assinam o amor de Deus com suas mãos.





Fernanda Noronha
Cantora e compositora
fernandanoronha.com.br

Last Updated on Thursday, 22 March 2018 13:10
 


Translate

Portuguese English Spanish