Home
Teen Talk


Teen Talk | Brazilian-American Teenagers
Friday, 17 August 2018 00:00


Nossas férias de verão estão oficialmente encerradas. É hora de voltar às nossas rotinas escolares e colocar o alarme do relógio para despertar cedinho. A mudança brusca dos dias preguiçosos do verão para voltar à escola pode ser muito estressante, especialmente nas primeiras semanas de volta às aulas.

Muitos de nós fazemos aulas de A.P. e Honors e isso pode realmente elevar nossos níveis de estresse, nos deixando agitados e nem sempre nossos pais entendem o nosso dilema. O trabalho escolar fica progressivamente mais difícil à medida que o ano passa e aqueles que fazem atividades extracurriculares, como esportes ou equipes de debate, podem facilmente cair em um ano letivo turbulento, com privação de sono e estressado.

O ensino fundamental e o ensino médio podem ser tempos muito difíceis para os adolescentes. O estresse dos colegas, professores e o desejo de “ser incluído” podem nos afetar de várias maneiras. Esse estresse combinado com a mistura de hormônios extras e nossos cérebros ainda em desenvolvimento nos deixará mais vulneráveis ​​a certas situações. Eu tenho testemunhado adolescentes perderem o interesse no trabalho da escola e outras atividades. Terem ansiedade excessiva e perda de apetite, tudo devido ao estresse na escola levando até a depressão. Às vezes leva muito tempo para nossos entes queridos perceberem nossas lutas. É importante procurar ajuda quando nos sentimos assim. Isso pode afetar nosso sucesso na escola e ter consequências profundas em nossa vida pessoal.

Cada um de nós passa por algo diferente, mas devemos sempre reconhecer quando precisamos de ajuda e ficar de olho nesses sinais quando iniciamos mais um ano letivo, seja você mesmo ou um amigo. Tente procurar ajuda de um adulto, seus pais ou até mesmo de um professor.


Este espaço é para você!


Quando comecei a escrever para esta coluna, não tinha ideia do que escrever nem sabia quanto trabalho estaria envolvido na finalização de uma peça editorial para uma publicação.

Primeiro rascunho, segundo rascunho, a peça vai para o tradutor, depois vai para o jornalista construir a estrutura do texto, organizar as ideias, depois para o revisor e, por fim, vai para a equipe de designers colocar juntos os gráficos da página final da revista. O primeiro problema que encontrei como autora dessa coluna, foi o idioma. Apesar de falar bem o português (afinal, é minha língua nativa), quando se trata de escrever, honestamente, não é fácil. Mesmo o texto original em inglês, surgiram dificuldades. Mas isso acabou me ajudando muito até com minhas aulas de inglês e literatura na escola. Eu sempre tive certeza do assunto sobre o qual eu queria escrever, e o propósito da minha coluna “conversa de adolescente”, eu simplesmente não imaginei quanto trabalho seria.

Então, decidi estabelecer que os temas de meus textos deveriam estar relacionados às minhas próprias experiências e a de outras pessoas que conheço que passaram pelas mesmas lutas que eu tive e ainda tenho como adolescente brasileiro-americano. Eu quero fazer desse espaço uma oportunidade de compartilhar, para adolescentes brasileiros e suas famílias saberem mais sobre cada momento bom e ruim de nossas experiências durante nossa adolescência neste país. Nossa “conversa de adolescente” pode incentivar outros adultos a espiarem pela janela para ver como vivemos e sentimos de maneira diferente nossas vidas entre brasileiros e americanos.

Se você tem alguma coisa para compartilhar conosco sobre questões que você não quer perguntar a seus pais ou a qualquer outro adulto em sua vida, perguntas sobre sua saúde ou qualquer problema médico e psicológico, beleza, cultura, ou se você apenas gostaria de compartilhar uma experiência boa ou ruim, Anonimamente ou abertamente dar o seu ponto de vista sobre qualquer assunto ou mesmo participar de entrevistas comigo para esta coluna, você pode entrar em contato conosco pelo email This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it , ou usar nossos canais de mídia social para enviar suas perguntas.

Farei o meu melhor para obter suas respostas com profissionais de cada assunto e compartilhá-los aqui. Tenha uma excelente volta às aulas!


Brazilian-American Teenagers
This space is for you!


Summer is officially over, and it is time to get back on our school routines and set our early morning alarms. Going from carefree summer days to back to school can be very stressful especially for the first weeks. There are many of us who take A.P. and honors classes and this can really take a toll on our stress levels that our parents might not always understand. School work progressively gets harder as the year goes on and those who do extracurriculars such as sports or debate teams can easily fall into a sleep-deprived and stressed school year.

Middle school and high school can be very difficult times for teens. The stress of peers, teachers and the desire to fit in can affect us in many ways. This stress combined with the extra mix of hormones and our developing brains will make us more vulnerable to certain situations. I have witnessed teens lose interest in school work and other activities, have excessive anxiety and loss of appetite, all due to depression caused by the stress of school. Sometimes it takes a long time for our loved ones to notice our struggles. It is important to reach for help when we feel this way. This can affect our success in school and have profound consequences in our personal life.

Everyone is going through something different, but we should always recognize when we need help and keep an eye out for these signs as we start back to school, whether it is yourself or a friend. Try to reach out for help from an adult, parent or even a teacher.


This Space is for you!


When I first started writing for this Column, I had no idea of what to write neither did I know how much work it would be involved in finishing an editorial piece for a publication. First draft, second draft, the piece goes to the translator, then it goes to the journalist to build the structure of the text, and organize the ideas, then it goes to the revisor, and finally, it goes to the designing team to put together the graphics of the final magazine page. The first problem I encountered as the author of this piece, was the language. Although I speak Portuguese quite well, after all, it is my native language, when it comes to writing, I must be honest, I do not do a good job. Even the original English piece, was not a “piece of art”. I remember my English and literature classes that I dreaded making essays, writing summaries of books, had to read for grades, and other English writing related school work was not my biggest accomplishments. I was always sure of the subject I wanted to write about, and the purpose of my Column “Teen Talk”, I just did not anticipate how much work it would be.

So, I decided to establish that the subjects of my pieces should all be related to my own experiences and other people I know that have gone through the same struggles I had and still have as a Brazilian-American Teenager. I want to make this space a sharing opportunity, for Brazilian-American teenagers and their families to know more about every good and bad moment of our experiences during our teen years in this country. Our “Teen Talk” may encourage other adults to peak through the window and see how we live and feel differently our Brazilian-American lives.

If you have anything to share with us about questions that you do not want to ask your parents, or any other adult in your life; questions about your health or any medical and psychological issue; beauty; culture; or if you just wanted to share a good or bad experience; openly or anonymously give your point of view about any subject or even participate in interviews with me for this column, you may contact us at This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it , or use our social media channels to submit your questions.

I will do my best to get your answers with professionals and share them here! I hope you enjoy getting back to school!


By Thaynara Pope



Por Thaynara Pope

Last Updated on Friday, 17 August 2018 15:36
 
Teen Talk | Summertime!
Thursday, 17 May 2018 00:00


O verão está chegando. Chega de homework, testes e professores! Agora é hora de aproveitar o clima quente do verão e um merecido descanso do trabalho que dedicamos a este ano letivo.

A contagem regressiva para meus planos de verão inclui pelo menos cinco dias sem fazer nada e dormir muito. Uma vez que a transição de ficar acordado até tarde e acordar ao meio-dia seja feita em meu cérebro, planejo começar a minha lista de atividades de verão. Há algumas coisas que eu já fiz, mas amo tanto que repito todo o verão.

Além dos rotineiros encontros com seus amigos em sua casa ou na casa deles, nos cinemas, no fliperama ou no shopping, há muitas coisas que a Geórgia tem a oferecer para as atividades de verão.

Para os estudantes de High School como eu, há ainda mais opções de atividades, pois talvez você já dirija e não depende de seus pais para transporte. Se você tem 16 anos ou mais, ganhar dinheiro extra também é uma ótima ideia para o verão. Você pode trabalhar meio período, e passar o restante do tempo gastando todo o dinheiro pelo qual trabalhou. Mas não procure apenas um emprego de verão qualquer. Procure vagas em lugares que você gostaria de trabalhar, como sua loja de roupas favorita, sua piscina local - trabalhando como salva-vidas -, ou até mesmo um dos seus restaurantes favoritos. Se seus pais não gostarem da ideia de você trabalhar fora, pergunte o que você pode fazer por eles. Talvez babysitting ou fazendo algum trabalho em casa, que eles poderiam lhe pagar, ou até mesmo acompanha-los em seu trabalhar.

Trabalhe, mas não se esqueça de se divertir! Saia e aproveite o sol de verão com amigos e familiares. Não perca as muitas coisas incríveis que a Geórgia oferece! Aqui estão algumas dicas para sua lista de verão:

  • Há uma infinidade de excelentes filmes a caminho dos cinemas neste verão. Convide um amigo e “Go to the movies”! Os cinemas da AMC têm ótimas ofertas durante o verão para não pesar no seu bolso. Confira os horários de exibição e promoções do site www.amctheatres.com.
  • Vá para o lago! A Geórgia tem vários lagos, rios e cachoeiras. Organize uma festa no lago e pegue aquele bronzeado.
  • Explore a natureza. Não fique sentado todo o verão. Seja produtivo, crie memórias. Não fique no seu telefone o dia todo em casa, use-o para gravar e documentar suas aventuras. Não limite a adrenalina do seu verão a uma visita ao parque Stone Mountain ou a uma fogueira no seu quintal. A Geórgia tem algumas trilhas incríveis e parques com vida selvagem que você pode fazer em uma visita de um dia. Escolha uma ou todas as opções no site www.atlantatrails.com.
  • E, por último, participe de um concerto de verão! Atlanta tem uma lista impressionante de opções para concertos de verão. Confira as dicas da colunista Bianca na coluna Superbacana deste mês, na qual ela dá dicas de shows e festivais de primavera e verão em torno de nossa cidade.

Happy Summertime!



Summertime!


Summer is coming up. No more homework, no more tests and no more teachers! Now it’s time to enjoy the hot summer weather and a well-deserved rest from the work we put into this school year.

The countdown to my summer plans includes at least five days of doing nothing and catching up with my sleep. Once the transition of staying up late and waking up at noon is done in my brain, I plan to start on my summertime bucket list. There are somethings that I have already done, but just love it so much that I repeat all summer long.

Besides hanging out with your friends at your house, their house, the movies, the arcade, or at the mall, there are tons of things that Georgia has to offer for summer activities.

For high schoolers like myself, you have even more options since you may not need your parents to drive you around. If you are sixteen and older, getting some extra cash is also a great idea for Summer. You can do part-time work, and part-time spending the money you worked for! But don’t just look for a summer job. apply for places you would enjoy working, like your favorite clothing store, your local pool - working as a lifeguard, or even one of your favorite restaurants! If your parents aren’t really into the idea of you getting a job, ask them what you can do for them. Maybe babysitting or doing some work around the house, that they could pay you for, or even tagging along to work with them!

But don’t just do work with no play! Go out and enjoy the summer sun with friends and family. Georgia has so many awesome things to do, don’t miss out on them! Here are a few things I researched that you might like:

There’s so many good movies on their way to the theatres this summer! Grab a friend and go to the movies! AMC theatres have great deals throughout the summer that won’t drain your bank account! Go to their website for screening times and specials: www.amctheatres.com.

Get some Lake time! Georgia has so many lakes, rivers and waterfalls. Organize a “lake party” and get some tanning!

Explore the nature. Don’t just sit around all summer long. Be productive, create memories. Don’t stare at your phone all day long at home, use it to record and document some adventures. Don’t limit your summer adrenaline to one visit to Stone Mountain park or one bonfire at your backyard. Georgia has some amazing trails and parks with wild life that you can do in a one-day visit. Chose one or all the options at the website: www.atlantatrails.com.

Attend a Summer Concert! Atlanta has an awesome list of options for summer Concerts. Check out Bianca’s tips in this month’s Superbacana, with Spring and Summer Concerts & Festivals around our city!


Happy Summertime!
by Thaynara Pope



Por Thaynara Pope

Last Updated on Thursday, 17 May 2018 18:18
 
Teen Talk | Um Feliz Natal!
Friday, 15 December 2017 00:00


O Natal é uma época muito divertida e pode ser especialmente interessante para aqueles adolescentes que nunca experimentaram um Natal americano. São tantas as tradições...

Sem falar da neve, que este ano não ignorou o Sul e já visitou Atlanta. Além das divertidas brincadeiras e a linda paisagem da neve, existe outras coisas super interessantes para fazer na nossa cidade. Visitar o Papai Noel com seus irmãos menores e as longas caminhadas para fazer as compras de Natal no shopping center, você aproveita para se divertir e passar um tempo de qualidade com sua família e amigos. E lembre-se: correr atrás de promoções nas lojas, ajudar a embrulhar os presentes e colocá-los embaixo da árvore de Natal são tarefas para as meninas e os meninos também. Divirta-se ao lado daqueles que você ama!

Essa temporada festiva é importante para reconhecermos o quanto somos abençoados. Acabamos de celebrar o Dia de Ação de Graças e agora é a hora de passar a nossa benção para o nosso próximo menos afortunado. Uma boa sugestão é juntar seus amigos para coletar doações para abrigos em Atlanta próximos a você. Nessa época de frio, as pessoas que frequentam esses abrigos necessitam de roupas quentes, luvas, cobertores e alguém como você para ajudá-los. Se você não está afim de sair coletando doações, comece separando todos aqueles itens no seu closet que você não usa mais, ou seja voluntário para ajudar nos abrigos. O sorriso no rosto daqueles que receberão a sua ajuda irá aquecer o seu coração e o seu dia.

Se você gosta de passear pela cidade com seus amigos, a patinação no gelo é muito divertida. No Marietta Square há uma pista de patinação no gelo e existem muitas outras atividades, como tomar um chá quentinho e passear pelas inúmeras lojinhas de artesanatos. Outra opção é o Battery de Atlanta. Lá existe uma pista gigante de patinação no gelo e pode ser uma ótima ideia para levar o seu crush e, quem sabe, rolar aquele beijo embaixo do mistletoe neste Natal.

O que eu mais gosto nesta estação aqui na América é a criatividade das pessoas. Principalmente na decoração de natal. Eu adoro colocar aquelas luzes super iluminadas de Natal e acompanhar o Papai Noel inflável encher e iluminar a rua toda. Então, convide a família toda para ajudar a dar aquele show de luzes na sua vizinhança. O mais importante é se divertir. Convide seus amigos para ajudar também. E a diversão é ainda maior ao aroma de biscoitos de gengibre e, é claro, chocolate quente.

Eu sempre digo o quanto é difícil para os adolescentes brasileiros quando chegam aqui neste país se adaptarem à nova cultura. Mas eu espero que você aproveite esta época do ano para desfrutar da maravilhosa e contagiante mágica do Natal super animado dos americanos.

Desejo a todos um Feliz Natal e Boas Festas!



A Very Merry Chrsitmas


Christmas can be full of family times and friendly fun. It can be specially exciting for those teenagers who have never experienced an American Christmas!

Of course, there is the snow that this year did not bypass the South, and visited Atlanta Already. Beside the snow fun, there are great things to do during the holidays throughout our city. From paying Santa a visit with your younger siblings to those long walks to the mall for Christmas shopping, you can have a good time in the city and have quality time with your family and friends! And remember: going Christmas shopping and hitting all the sales, helping to wrap up the presents and sticking them under the tree are for girls and boys too! Have some fun time with those you love.

The season of greeting are important to remind us how fortune we are. We just had the Thanksgiving celebration, now is time to pay it forward! Ask your parents to help you help the less fortunate. A good suggestion is to round up some friends and collect donations for an Atlanta shelter near you. This time of the year they need lots of warm clothes, gloves, blankets and someone like you to make a special difference in their lives. If you don’t want to collect items, just take your own “staff” that you don’t use anymore or just volunteer some of your time to help around the shelters. The happy looks on their faces will warm up your day!

If you want to go around the town with friends, ice skating can be so much fun. Marietta square is full of many activities including an ice skating ring. While you are there, have some bobba tea and browse around through the many shops. Another option is the battery in Atlanta. It has quite a large ice skating ring too. this can be a super fun date idea for those who are hoping for a kiss under the mistletoe this Christmas!

One of my favorite thing about the season here in America is that we can be very creative with almost everything! When it comes to Decoration, I like putting up the bright Christmas lights and seeing the large blow up Santa that light up the entire street! these galleries are always fun to look at and put together! so get everyone in the family and set up the coolest light show you can give your neighbors! and don’t forget to have fun! Invite your friends over to help and have some jolly time over the smell of ginger bread cookies and, of course, hot chocolate!

Like I always say, adapting to a new country and culture is no and easy task to a Brazilian teenager, but I hope you can use this time of the year to enjoy the wonderful magic of an American super jolly Christmas!

Have a great Christmas everyone and happy holidays



Por Thaynara Pope

Last Updated on Friday, 15 December 2017 16:01
 
Teen Talk | It is time for Halloween!
Monday, 16 October 2017 00:00


O outono finalmente chegou! Essa é a minha estação do ano favorita. Com a queda de temperatura, a gente se acomoda em sweaters, hoodies e botas, e acabamos relaxando e se divertindo um pouco mais. E falando em se divertir, é hora de fantasias, doces e clima agradável. O Halloween é a época mais assustadora e emocionante do ano, acompanhado de inúmeras atividades pela cidade.

Fazer compras de fantasias é sempre muito divertido, e ainda lhe dá a oportunidade de dar aquela escapadinha de casa e encontrar com seus amigos. Se os seus pais não se importarem, convide aquela galera para fazerem suas próprias fantasias. As lojas de 1 dólar são as minhas favoritas para comprar material para fazer minha fantasia de Halloween. É barato, divertido e mais criativo. Este ano eu e minhas amigas vamos de bruxa, coelhinho e Pennywise the Clown. Se você não curte artesanato, as lojas como Party City e Wal-Mart contam com uma variedade de fantasias. Há também pela cidade pequenas lojas de fantasias super originais.

E pra quê esperar até o dia 31 de outubro? Aproveite ao máximo a sua fantasia. A cidade está cheia de celebrações de Halloween. Confira uma agenda completa na matéria de Bianca Seitenfus na coluna Supercabana-Atlanta deste mês. E no dia 31, lembre-se: o trick-or-treats não tem idade!

Outra tradição do outono é a caça às aboboras. Uma ótima atividade para a família toda e uma opção super divertida para aproveitar com seus amigos é o “Pumpkin Patch”. Eles estão por toda a cidade. São locais onde produtores vendem abóboras. Lá você escolhe e colhe a sua própria abóbora, participa de atividades como labirintos, concurso de fantasias, photo booths, aulas de escultura de abóboras etc.

Se você não curte o Halloween, ou a sua família não celebra esta tradição, existem muitas igrejas que realizam eventos durante esta época. A nossa comunidade brasileira tem muitas opções para escolher, com grupos e atividades para todas as idades. Saia e faça amizades!


DICAS: Pumpkin Festival at the Rock - Stone Mountain Park
Fri-Sun Sep. 29-Oct. 29‎
1000 Robert E. Lee Drive, Stone Mountain, GA



Berry Patch Farms
October Schedule: Weekends: Sept. 30th -Oct 29th 10:00am - 7:00pm
786 Arnold Mill Road, Woodstock, GA 770-926-0561



Por Thaynara Pope

Last Updated on Monday, 16 October 2017 13:48
 
Teen Talk | Sobrevivendo o apocalipse da volta às aulas!
Tuesday, 15 August 2017 00:00


E lá vem o alarme para acordar novamente. Dá vontade de desligá-lo e dormir mais um pouquinho... Começaram novamente as manhãs andando arrastados pela casa enquanto nos preparamos para mais um ano escolar. Os corredores da escola parecem uma cena de apocalipse de zumbis, cheio de adolescentes se arrastando de um lado para o outro, tentando se ajustar à nova rotina que se inicia cedo.

Como uma estudante de High School, entendo bem o quanto é difícil ajustar-se às as atividades escolares, trabalho e manter uma aparência social, e deixar para trás os dias de preguiça do verão.

Para os adolescentes que precisam conciliar as aulas de ESOL com o aprendizado de inglês, especialmente aqueles que acabaram de chegar nos Estados Unidos, ou mesmo aqueles que estão iniciando o primeiro ano da High School, que é um universo completamente diferente do Ensino Médio, essa tarefa de início das aulas pode ser ainda mais difícil. Mas o grau de dificuldade depende muito de nossa atitude para tornar essa tarefa gerenciável. Então, como fazemos isso?

Um conselhos para aqueles que, como eu, deixam tudo para a última hora: entre no ritmo escolar o mais breve possível. Deixar os hábitos das férias de verão para trás é difícil, principalmente quando se dormia e levantava tarde. Mas há pequenas mudanças que podem lhe ajudar a se ajustar à nova rotina escolar sem muito drama.

  • Estabeleça um horário específico para fazer seu trabalho de casa. Seja ele logo após a escola ou atividades extra-curriculares, ou assistindo NetFlix ao fundo enquanto faz seu “homework”. Estabelecer esse horário ajuda o seu cérebro a lembrar que está na hora de fazer o seu homework. Mas mantenha esse horário todos os dias, do contrário, você irá confundir o seu cérebro e demorar mais tempo para entrar na nova rotina.
  • Se você ainda está frequentando as classes de ESOL, a TV será o seu melhor aliado. Estou falando sério! Aprender inglês é difícil, mas sem praticar será ainda mais. Lembre-se que há outras pessoas que estão passando pelo mesmo processo que você, então chega de desculpas que você não “dá conta” desta tarefa! Tente praticar sentenças mais simples e adicionar novas frases às suas conversas diárias com as pessoas que você está interagindo. Eu sempre deixava uma música em inglês favorita tocando de fundo, ou o meu programa de TV favorito quando fazia meu homework; isso ajudou a enriquecer o meu vocabulário. Se você não curte TV, assista vídeos de Youtubers americanos. Assim você pratica inglês e conhece mais da cultura dos adolescentes deste país. Quanto mais você escuta, mais você aprende! Pense assim: quanto mais rápido você aprender inglês, melhor você poderá ajudar a sua família a se adaptar também à vida na América.
  • Busque maneiras de se envolver, mesmo se você não gostar de se socializar. Talvez não pareça, mas os adolescentes americanos (os nacidos aqui ou os que já se adaptaram à cultura americana) são pessoas que adoram a vida social. As High Schools americanas oferecem uma vasta quantidade de atividades extra-curriculares. Tente encontrar um club que lhe agrade. Alguns clubs até oferecem créditos escolares para serem adicionados ao seu boletim.
  • Faça novas amizades! Só porque as férias de verão terminaram não significa que você não possa se divertir com seus amigos. Ao contrário, um novo ano escolar é uma excelente oportunidade para fazer ainda mais amizades. Isso também será muito importante para o seu desenvolvimento das aulas de ESOL, pois é uma oportunidade para praticar mais inglês. Mas mantenha as conversas com seus amigos somente em inglês.

Essas quatro dicas podem ajudá(a) durante todo o ano, não somente para quem frequenta as classes de ESOL, mas para todos. A High School é um período difícil, cheio de mudanças na vida de qualquer adolescente, mas ela pode ser gerenciável.

E lembre-se: não desligue o seu alarme para acordar de manhã; siga as nossas dicas e você sobreviverá ao apocalipse das voltas às aulas.



Por Thaynara Pope

Last Updated on Tuesday, 15 August 2017 20:09
 


Translate

Portuguese English Spanish