Home
Reflexão


Reflexão | Qual o significado da Páscoa em nossas vidas
Thursday, 18 April 2019 00:00


A palavra Páscoa provém do hebraico Pessach, que significa passagem. É uma festa judaica celebrada por uma semana, e que comemora a saída do povo judeu do Egito, quando deixou de ser um povo escravo para caminhar rumo à libertação. Esse período também era lembrado pelos gregos no Mediterrâneo, que festejavam a passagem do inverno para primavera, visto que a troca das estações climáticas era um meio de sobrevivência, de produção de alimentos, de colheita para alimentar o povo.

A Páscoa judaica é muito importante, pois é uma referência de um novo tempo para os cristãos. Jesus, o Filho de Deus, ao celebrar a última Páscoa com os seus discípulos, anunciava a sua morte e ressurreição. Ele foi crucificado e ressuscitou no 3º dia, e assim começou a celebração cristã a qual chamamos hoje de Semana Santa, iniciando no Domingo de Ramos.

A morte e ressurreição de Jesus Cristo, exatamente quando os judeus celebravam a Páscoa, nos trouxe uma nova libertação, uma nova esperança. A Páscoa não é somente a libertação dos judeus, mas também a liberação dos homens do pecado.

Com o seu sofrimento, morte e ressurreição, Jesus estabeleceu na Terra um Novo Reino: um Reino baseado no Amor. Em nossa vida diária, às vezes machucamos outros com atitudes e palavras. Mas por que não entendemos o verdadeiro significado da Páscoa, para não gerarmos feridas nos nossos semelhantes? Jesus já fez o sacrifício para que nós tenhamos uma vida com mais abundância e uma ligação direta com o Pai. Não há mais necessidade de sacrificarmos os outros ou nós mesmos. 

Ainda hoje somos escravos dos pecados, do ego, do poder, da ganância e do sofrimento.  Você sabe identificar o que falta para deixarmos o nosso velho homem interior e fazer ressuscitar nosso novo ser? Jesus foi um grande mestre que não enfatizou o bem material, não tinha posses, nem lugar para dormir e muito menos uma casa; mas ele tinha tudo, que era a glória de Deus.

Então, vamos aproveitar esta Páscoa para refletir sobre Jesus, aprender com Ele a humildade, o amor ao próximo, aprender a ter um coração de ajudar os outros, sermos bondosos com pessoas e animais carentes. Vamos experienciar que vale a pena ter uma passagem nesta vida com um sentido de vida.

Nesta Páscoa, vamos orar para que o Espírito que ressuscitou Jesus dentre os mortos alivie o sofrimento de tantos irmãos, perseguidos por causa de Seu nome, assim como de todos os que sofrem com os conflitos e as violências que assolam a humanidade.

Restaure a sua fé! Deus fará um milagre na sua vida, transformando-a de modo que as pessoas que estão ao seu redor verão essa mudança, pois houve uma substituição da amargura pela compreensão, ódio pelo amor, impaciência pela espera sem rancor. 

Comece a fazer diferença na sua própria casa que é o Planeta Terra, sendo mais prudente com o meio-ambiente, reciclando as garrafas de água, utilizando os seus sacos de compras de papel ao invés do plástico etc. Ajude as pessoas próximas. Conecte-se com velhos amigos e familiares que há anos você não conversa. Conecte-se com Deus e esteja mais presente na vida de sua família, pois a vida passa rápido demais. 



Por John Kunihiro
Founder of Art Of Healing, Inc
Senior Director of Marketing
www.artofhealinginc.com

Last Updated on Thursday, 18 April 2019 18:16
 
Reflexão | A caridade gera caridade
Wednesday, 13 March 2019 00:00


No conceito judaico, a palavra Mitzvah significa ato de caridade. É um ensinamento cabalístico de imersão atribuída na área divina emocional e balanceando a misericórdia com os próximos.

Outro dia estava sentado há mais de uma hora numa praça em Mogi das Cruzes com um senhor um morador de rua, o qual chamarei aqui de André. O que me chamou a atenção foi o cuidado dele para com os cachorros de rua. André me explicou que ele estava naquela situação depois que separou da mulher, perdendo a paixão pela vida. Por esse desgosto, começou a usar a bebida alcoólica como um escape da depressão. Apesar de ter feito a escolha de sair de casa, ele sentia muita falta da família e da vida que ele tinha quando era militar.

Ele se emocionou muito quando falou de seu pai, que é paciente terminal de câncer. André me disse que gostaria de ter uma oportunidade de poder voltar a trabalhar e tentar voltar a viver novamente. No meio da nossa conversa, observei como os dois cachorros que eram sua companhia estavam bem cuidados. Seus nomes eram Bora (que significa pronto para ir embora a cada momento) e Pretinha (super dócil). Os cachorros, com amor incondicional, estavam felizes ao lado do dono. Em várias ocasiões ele esteve em perigo e os cachorros o protegeram e salvaram sua vida. Para alimentá-los, André passava nos açougues e nos pet shops para pedir doações para os bichinhos. Ainda bem que sempre temos pessoas de bom coração tentando ajudar o próximo.

Já bastante à vontade comigo, André chamou um amigo pra me conhecer e também dividir a comida e a água que eu tinha dado a ele. O outro homem também era morador de rua e, mesmo sem os dois braços, demonstrava alegria em viver.

Depois de algumas horas com André, pude concluir que ele, aparentemente, não tinha absolutamente nada. Inclusive em momento algum me pediu dinheiro. No entanto tem muito mais do que imaginamos. André tem um coração gigante em querer ajudar ao próximo.

Agora faço uma pergunta: quantas vezes nós reclamamos de não ter o suficiente? Na realidade, temos muito mais do que precisamos. Fico pensando que passamos muito tempo preocupados com a vida alheia e acabamos não cuidando de nós mesmos e do próximo. O triste é a consequência disso nos levar a perder a esperança e a vontade de viver. E o passo seguinte será entrarmos em depressão, e até perder ou tirar a própria vida.

Pense nisto: por que vale a pena viver? Qual a última vez que você foi a um lugar bacana, um que você sempre quis, mas não quer gastar dinheiro para poder economizar? Não seja barato consigo mesmo! A vida não tem preço e é preciosa.

O que significa caridade? É ter um coração de contribuição intrinsecamente divina. É o espírito de retribuição que daremos de volta naquilo que é mais importante: a vida com abundância que Deus nos deu. A caridade sem esperar retorno gera gratidão e uma satisfação enorme no coração, trazendo mais propósitos na vida.

Temos que começar a exercitar o ato de amor. Primeiro sermos bons conosco mesmo, cuidar do nosso psicológico e da nossa alma. O que adianta você ganhar tudo o que você deseja e perder a saúde mental e física. Segundo, devemos cuidar dos demais com carinho, respeito e ser bondoso. E em terceiro lugar, cuidar da Mãe Terra, que tanto precisamos. Vamos reciclar, não jogar coisas na rua, cuidar do nosso redor!



Por John Kunihiro
Founder of Art Of Healing, Inc
Senior Director of Marketing
www.artofhealinginc.com

Last Updated on Thursday, 18 April 2019 18:16
 
Reflexão | O que estamos fazendo com o nosso tempo?
Friday, 17 August 2018 00:00


No mundo agitado no qual vivemos hoje, muitas pessoas em nossa sociedade tentam ser hiperprodutivas. Quem nunca teve uma agenda super apertada, cheia de afazeres no dia a dia, que atire a primeira pedra! Estamos sempre sem tempo para nada, reclamando que as horas do dia não são o suficiente para cuidarmos de todos os nossos “afazeres”. Corremos de tarefa em tarefa, sempre checando e-mails, organizam algo, fazem uma ligação, dirigindo, resolvendo problemas...

Muitos de nós acreditamos que ter uma agenda cheia e sempre estarmos super ocupados é sinônimo de trabalho duro e ter mais sucesso. Embora essa crença possa ter um fundo de verdade, ela frequentemente leva a uma “produtividade” irracional, uma necessidade constante de fazer algo e uma tendência a perder tempo com tarefas domésticas.

A sábia frase “o trabalho edifica o homem” é um excelente referencial que todas as pessoas deveriam praticar. A questão que nos deparamos não é o trabalho em si, mas sim a síndrome da “falta de tempo”. O velho ditado, “trabalhe de maneira mais inteligente, não mais difícil” vem sido discutido e trabalhado entre as pessoas que procuram uma vida mais feliz e saudável.

O tempo é um dos bens mais valioso que possuímos. Se você não tem tempo para nada, e está sempre ocupado com suas tarefas, lhe convido a fazer uma reflexão de como você está utilizando o seu tempo pessoal. Administrar o seu tempo não é espremer o máximo possível de tarefas no seu dia. É simplificar como você trabalha, fazer as coisas mais rápido e aliviar o estresse diário, limpando o espaço da sua rotina diária para dar tempo às pessoas que você ama e a você mesmo.

Em uma pesquisa com pessoas idosas acima de 80 anos, 80% das queixas estavam no arrependimento de não terem aproveitado melhor o tempo de sua vida. Erros e falta de recursos financeiros chegaram por último na lista de queixas. O tempo que passou não volta mais e o que você faz com o tempo que lhe foi concedido por Deus faz toda a diferença na qualidade da sua vida. O nosso esforço deve ser voltado à otimização do tempo que ainda nos resta.

Há quem diz que tempo é uma questão de percepção. Por exemplo, quando você está aguardando uma pessoa amada chegar ao seu encontro, cinco minutos pode parecer uma eternidade; enquanto aquela “olhadinha” no Facebook facilmente se transforma em duas, três horas sem você perceber. A verdade é que o tempo mal gerenciado prejudica todas as áreas da sua vida. Ser produtivo implica aproveitamento, gerenciamento, propriedade e domínio do que se faz. 

Após refletirmos sobre isso, e analisarmos quanto tempo estamos desperdiçando em coisas que não nos edificam em nada, o primeiro passo é buscar maneiras de minimizar o desperdício dessas horas e minutos tão valiosos em nossa vida. Muitos especialistas em gerenciamento financeiro recomendam o gerenciamento de tempo pessoal como o primeiro e mais importantes passo para se alcançar o sucesso financeiro na vida. Trabalhar no gerenciamento de seu tempo, seja no trabalho ou na vida pessoal, lhe ajudará a aproveitar mais cada momento de suas rotinas e você aprenderá a administrar todo o tempo que existe em uma boa organização.

Confira algumas dicas que podem fazer toda a diferença na hora de gerenciar o seu tempo.


1. Faça uma autoavaliação

Descubra todas as coisas que você poderia excluir de sua rotina diária. Um bom início é passar menos tempo com coisas que não estão relacionadas às tarefas a serem completadas durante aquele dia.


2. Adote o hábito da agenda!

Escreva todos os seus afazeres durante o dia e calcule o tempo para executar cada tarefa. Não se esqueça de sempre andar com a sua agenda, conferindo e marcando o que já foi executado. Você pode encontrar diversos aplicativos na App Store do seu celular para facilitar o gerenciamento do seu tempo.


3. Esvazie sua mente

Uma mente cheia de preocupações está constantemente tentando organizar os seus pensamentos, e consequentemente causando cansaço físico e mental.

Antes de dormir, anote todas as suas tarefas do dia seguinte, assim você não irá sobrecarregar o seu cérebro e dormirá melhor.


4. Faça primeiro o que você menos gosta

Todos nós temos tarefas que não gostamos de fazer. Salvo as tarefas de extrema urgência, sempre que possível, organize sua lista colocando primeiro o que você não gosta de fazer, ou adote a metodologia de grau de dificuldade, assim você usa a sua energia nas tarefas mais difíceis primeiro.


5. Aprenda a dizer “não”

Fazer um monte de compromissos com o nosso tempo pode nos ensinar como lidar com vários compromissos e gerenciar nosso tempo. Isso pode ser ótimo, no entanto, você pode facilmente ir longe demais. Em algum momento, você precisa aprender a recusar oportunidades. Seu objetivo deve ser assumir apenas os compromissos pelos quais você sabe que tem tempo e com os quais realmente se importa.


6. Termine o que você começou

Quase todos nós somos atormentados pelo impulso de procrastinar. Ninguém é perfeito, e imprevistos acontecem. No entanto, procure executar todas as tarefas de sua lista durante o seu dia para não acumular para o dia seguinte.


7. A pressa é inimiga da perfeição?

Nem sempre! Estabeleça prazos curtos para suas tarefas e concentre-se somente em uma tarefa de cada vez. Disciplina e concentração combinados com um senso de urgência fazem com que o nosso cérebro trabalhe com melhor desempenho. A consequência é um dia produtivo.


8. Os detalhes nem sempre são importantes

Frequentemente permitimos que os projetos demorem muito, muito mais do que deveriam, e ficamos muito presos a pequenos detalhes. Esse é um vício das pessoas perfeccionistas. Você pode fazer um trabalho bem feito e ao mesmo tempo superar o desejo de examinar constantemente o que já fez até agora. Uma dica é concluir o volume e revisar as coisas mais tarde.


9. Não seja vítima dos ladrões de tempo

Cuidado com o tempo desperdiçado nos grupos de whatsapp, mídias sociais, vídeos na internet, “conversa fiada” com amigos durante o dia etc. Comece a prestar atenção de quanto tempo você gasta nessas atividades. Simplesmente percebendo como elas estão sugando seu tempo, você começará a fazê-los menos.


10. Tire um “break” entre as suas tarefas

Quando nos apressamos de tarefa em tarefa, é difícil apreciar o que estamos fazendo e permanecer focados e motivados. Permita-se um tempo livre entre uma tarefa e outra. Uma pausa para tomar um ar fresco lá fora e refrescar o cérebro, fazer uma pequena caminhada, meditar ou realizar algum outro exercício para limpar a mente.


11. Mantenha o foco

Uma das maneiras mais rápidas de se sobrecarregar é pensar em sua enorme lista de tarefas. Perceba que nenhuma quantidade de pensamento diminuirá o tempo. Neste momento, tudo o que você pode fazer é se concentrar na tarefa que está a sua frente. Esta é uma tarefa única e solitária. Um passo de cada vez!


12. Aprenda com seus erros

Ao final de cada semana faça uma avaliação de todas as tarefas executadas durante a semana, aprenda com seus erros.


13. Vida uma vida mais saudável

Muitos estudos relacionaram o estilo de vida saudável com a produtividade do trabalho. A maioria das pessoas precisa de 7 a 8 horas de sono para que seu corpo e mentes funcionem de forma otimizada. Você sabe se você está recebendo o suficiente? Escute seu corpo e não subestime o valor do sono. Exercite-se regularmente e visite o seu médico, fazendo exames preventivos.


14. Separe tempo para Deus

Se você questionar o tempo de qualquer coisa em sua vida - quando algo deve ser feito, quanto tempo deve ser atribuído a algo, com que frequência deve ser feito algo, o sequenciamento de um projeto –, procure sabedoria divina. Inclua orações durante o seu planejamento diário. Um coração cheio do espírito santo o ajudará a enfrentar qualquer obstáculo que você encontrar durante o seu dia.



Da Redação

Last Updated on Friday, 17 August 2018 15:28
 
Reflexão | O que podemos fazer para tornar atitudes positivas um hábito no nosso dia a dia?
Monday, 16 April 2018 00:00


Com o passar dos anos, aprendi que a comunicação é uma habilidade muito importante na nossa vida pessoal e profissionalmente pode ser aplicada em qualquer área de trabalho de qualquer empresa.

Muitos anos atrás, eu tinha um sonho de trabalhar na área de educação, mas acabei desenvolvendo uma carreira profissional em Comunicação. Durante a minha vida profissional, não tive a oportunidade de estudar Pedagogia ou outros cursos nessa área, mas ao chegar aqui nos Estados Unidos tive a oportunidade de usar a minha experiência em Comunicação com um trabalho relacionado à educação.

Trabalho em duas escolas e, mesmo sabendo me comunicar bem na língua inglesa, nem sempre é fácil manter uma atitude positiva. Quanto menos me dou conta, me pego com uma visão do mundo através de uma perspectiva negativa. Então persisto em focar nas coisas boas. Mas essa não é uma tarefa fácil. Eu me empenho diariamente para manter uma atitude positiva, pois acredito que otimismo pode ajudar a mudar qualquer perspectiva negativa.

Acredito que atitudes positivas, se cultivadas diariamente, podem trazer resultados incríveis na maneira pelo qual lidamos com situações adversas em nossas vidas. Às vezes uma simples atitude positiva o ajudará naquilo que você está tentando alcançar. Se o seu alvo é viver mais saudável, a maneira que você enxerga uma rotina de exercícios será fundamental para o sucesso de seus planos e consequentemente de seus resultados.

Devemos alinhar as nossas atitudes com os nossos objetivos. Se não há uma harmonia entre esses dois fatores, não se há autodisciplina, haverá dificuldades em nossa comunicação com os outros, e nos encontraremos exaustos por nunca alcançarmos as nossas expectativas. Quantas pessoas se encontram hoje nessa situação, em que estão sobrecarregadas física e mentalmente, acumulando todos os dias uma carga de pessimismo.

Quando me encontro em dias difíceis, eu busco recapitular os meus objetivos e não sair da estrada que tracei para alcançar os meus sonhos.

Os pensamentos positivos irão se refletir em minha vida pessoal e profissional. Os resultados são uma melhor qualidade de vida, que poderei então passar adiante e promover o otimismo a outras pessoas. Hoje posso colher frutos de minha perseverança e entender que nem sempre tenho o controle sobre o meu futuro, mas posso passar pelas dificuldades com um pouco mais de otimismo e evitar a minha derrota durante a minha jornada.

Viver em um país estrangeiro já é uma tarefa desafiadora. Se você não é uma pessoa otimista, cerque-se de pessoas positivas e aprenda com elas. Você vai perceber que aprender inglês será mais fácil, se relacionar com os outros, aprender a cultura americana, tudo será mais prazeroso e muitas vezes menos complicado.




Por Edith Franca
Admissions Associate
Interactive College of Technology

Last Updated on Monday, 16 April 2018 19:55
 
Reflexão | Ano novo, nova esperança, novas promessas!
Monday, 15 January 2018 00:00


Quando o ano está acabando, colocamos uma expectativa em nosso coração que, no ano novo que está chegando, com ele algo novo acontecerá. Sim, é verdade que quando temos uma expectativa nova a respeito de algo, nosso coração e nossa fé vão de encontro ao novo e a esperança que no dia 1º de janeiro já esteja tudo diferente. Mas não podemos esquecer que, junto com esse dia, nós chegamos juntos. Então, se as nossas atitudes forem as mesmas do dia 31 de dezembro, nada estará novo, nada mudará.

É claro que a fé move todas as coisas. A Bíblia diz que se eu tiver fé, se eu pedir, as coisas acontecerão. A fé não depende de ter ou não uma religião. Muitos seguem Cristo, mas não creem que Ele muda circunstâncias; logo nada acontece. Muitos têm fé, acreditam que as coisas boas acontecem e a fé deles muitas vezes move as coisas, mas sem Cristo seguem suas vidas vazias. Para isso precisamos entender o propósito para o qual fomos criados, nossa identidade, sem a qual nenhum desses desejos bons ou atitudes boas mudará coisa alguma.

Quem somos nós? De onde viemos? Por que estamos aqui? Para onde iremos?

Somos imigrantes não somente na América; somos imigrantes na Terra. Estamos aqui de passagem; nossa vida é apenas um sopro, sai como a flor, e murcha. Foge também como a sombra, e não permanece. Jesus nos prometeu uma vida abundante aqui na Terra e uma vida eterna no Céu.

Vemos as tragédias, as notícias e o medo tem cercado toda uma geração. Há medo para todos os lados, insegurança, dores, fome e guerra. Mas há uma viva esperança. Deus sonhou com cada um de nós, cristão ou não. Fomos desejados, sonhados, planejados, saímos do coração de Deus para o ventre de nossa mãe. O salmista Davi diz que de uma forma tão maravilhosa fomos tecidos dentro do ventre.

Deus, quando sonhou conosco, tinha um projeto para nós aqui na Terra e um plano divino no reino dos Céus. Precisamos descobrir qual o projeto, qual o propósito. Deus nos amou de tal maneira que Ele enviou o seu único filho Jesus do céu para terra para morrer por nós. E Ele morreu, e ressuscitou, e com Ele a ressurreição dos nossos sonhos e projetos que estavam mortos é uma possibilidade e esperança nossa. O mesmo poder que ressuscitou Jesus Cristo ainda está operando no nosso meio.

Muitas pessoas têm mendigado o amor de homens, quando, na verdade, se esquecem de que Deus se fez homem e morreu por nós. Esse foi o maior ato de amor da história da existência humana. Talvez você diga: “Ah, isso não foi por mim eu nem existia!” Ok, talvez na sua concepção seja assim, mas a Bíblia diz que nós estávamos nEle; então, toda a humanidade, tantos os filhos planejadas pelos homens ou não, já estavam todos no coração de Deus.

Quando um óvulo e um espermatozoide se encontram dentro de um útero materno, Deus se responsabiliza em liberar um espírito para a Terra e Ele libera do seu próprio Espírito. Nesse instante, acontece a concepção da vida. De dentro do seu coração, surge um novo indivíduo. Ele o envia para terra e junto com ele um roteiro, uma história para vida. É preciso descobrir o propósito e a identidade. Assim, esse indivíduo, que é cada um de nós, encontrará a verdadeira razão do viver e com isso também a esperança que não se desvanece, pois agora, tem seu verdadeiro sentido de existência.

Muitos podem perguntar: “Mas Deus, sendo tão bom, permitiu eu viver tantas tragédias?” Deus nos criou livres e nos deu o direito de escolha. Às vezes não escolhemos direito. Infelizmente o mundo jaz no maligno e assim como a chuva vem para bons e maus, coisas boas e ruins estão acontecendo o tempo todo ao nosso redor. Mas até mesmo as dores construíram nosso caráter, e as pessoas a nossa volta, boas ou más, podem ser melhoradas, mudadas ou até mesmo transformadas e nós crescermos com aquilo que nos fizeram. Mas precisamos crer que Deus nos ama e o amor lança fora todo o medo. Se você não conhece a Deus ainda, mesmo assim você pode falar com ele , ele é uma pessoa e quer se revelar a você.

A maioria das nossas angústias e tristezas ocorre porque estamos vivendo nosso projeto pessoal. Quando descobrirmos o plano divino, tudo fará sentido e nossa vida terá um novo sentido. 

Estamos voltando para casa: o Céu. Somos peregrinos na Terra, e há muito para descobrirmos e vivermos nos Céus. Muitos pensam que o Céu é um lugar sem nada para fazer, com pessoas se prostrando e dizendo santo, santo, santo... Sim, Ele é santo e não terá como não adorá-lo, e sim dizer-lhe santo, mas será mais do que isso. A Bíblia fala de reinos, governos, mansões celestiais, ruas de ouros e os galardões conquistados aqui; será apenas uma seleção para um plano muito maior.

Meu desejo e minha oração para todos aqueles que lerem este texto, é que descubram seu propósito neste ano e façam diferença na Terra, e não me refiro apenas ao lugar geográfico. O ano novo só será de fato novo se o lugar espiritual for encontrado e as atitudes forem mudadas. Descubra o plano em Deus! Somente assim você será verdadeiramente feliz.



Por Pastora Renata Prado
New Alliance Church

Last Updated on Monday, 15 January 2018 20:14
 


Translate

Portuguese English Spanish