Home Reflexão Reflexão | Olimpíada eterna
Reflexão | Olimpíada eterna
Tuesday, 16 August 2016 00:00


“O Rio de Janeiro continua lindo!”, dizia o poeta. E agora, neste clima de olimpíada então...

O pouco que eu pude ver, está sendo uma grande festa. Atletas de todo mundo, reunidos para competirem em diversas modalidades. Alguns já famosos pelas suas conquistas, que já subiram ao pódio inúmeras vezes. A tão sonhada medalha de ouro, prata ou bronze é capaz de fazer alguns deles inesquecíveis. E para alguns povos então...

Muitas pessoas que tiveram que enfrentar catástrofes, fome, secas ou guerras, veem nesses atletas um exemplo de superação, uma espécie de luz no fim do túnel. São competidores bem preparados, com alimentação balanceada e muito, mas muito treino, com uma disciplina formidável, principalmente no que se refere à obediência aos seus técnicos e treinadores. Grande parte desses atletas treina de oito a dez horas todos os dias. O esforço e a dedicação são atributos que fazem desses homens grandes Campeões.

O apóstolo Paulo, em sua primeira carta à igreja de Corinto, fala a respeito disso. Ele diz em 1 Coríntios 9. 23-27: “Tudo faço por causa do Evangelho, a fim de me tornar cooperador dele.

Não sabeis vós, que só que correm no estádio, todos correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo atleta em TUDO se domina, aqueles para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, a incorruptível.”

Assim eu corro, não sem meta. Assim eu luto, não desferindo golpes no ar; mas eu esmurro o meu próprio corpo afim de que, tendo pregado a muitos, eu mesmo não venha a ser desqualificado.

Desde que nascemos, entramos numa olimpíada, ganhamos a prova de qualificação no nosso nascimento. Não sei se você sabe, mas nessa prova, milhões correram com você, mas só você foi presenteado com a coroa da vida. Então, cada um seguiu sua modalidade.

Agora, depois de adultos, não sem antes experimentarmos grandes desafios, nós nos encontramos no ponto de largada novamente. Embora muitas vezes a prova pareça impossível, é quase certo que você e eu a venceremos, alguns com grau maior de dificuldade, outros talvez menor, mas venceremos como vencemos todas as outras provas que para trás ficaram.

Todos os dias daremos uma nova largada, às vezes com caibra, dores musculares, terríveis dores de cabeça, mas é certo que em Cristo seremos mais que vencedores. Para mim, tenho por certo que as aflições deste tempo presente, que eu as denomino competições diárias, não são para comparar com a Glória que em nós há de ser revelada.

E se nesse caminho eu precisar de um referencial, como aqueles povos que eu relatei no início deste texto, eu seguirei não uma pequena luz que brilha no fim do túnel, mas buscarei a luz do mundo, aquele que um dia venceu uma terrível disputa. Estava em jogo a minha e a sua vida, mas Ele venceu. Seu pódio, o Gólgota; o prêmio, a vida eterna para todo aquele que Nele crer. Hoje podemos chegar com confiança ao trono da Graça e contemplarmos a nossa vitória por meio de Cristo Jesus.

Por isso eu desejo a todos uma feliz e eterna olimpíada, coroada de muito êxito!




Ivon Cesar Coutinho
Coordenador do Projeto Habakkuk 2:2,3.
www.Habakkuk223.org

Last Updated on Tuesday, 09 May 2017 20:35
 

Translate

Portuguese English Spanish