Home Espaço do empreendedor Espaço do empreendedor | DANILA SOUSA: UMA HISTÓRIA DE GARRA E PERSISTÊNCIA
Espaço do empreendedor | DANILA SOUSA: UMA HISTÓRIA DE GARRA E PERSISTÊNCIA
Wednesday, 14 October 2020 00:00


Trouxemos para a nosso Espaço do Empreendedor desta edição a história da brasileira Danila Sousa, Diretora e CEO da Prime Step Daycare and School. A empresária vive em Atlanta desde 2000, e nos conta sua trajetória de determinação sendo considerada hoje, uma empresária de sucesso na área de educação infantil.


A VINDA PARA A AMÉRICA


Danila cresceu em Goiânia com os pais e os irmãos. Sua mãe era enfermeira e o pai morava fora, trabalhando duro para tentar dar uma vida melhor para a família. Ela conta que sua infância foi difícil, e ela, aos dez anos de idade; precisou ser a responsável em cuidar dos irmãos menores para ajudar sua mãe enquanto ela trabalhava longas horas e às vezes até a noite. Os recursos financeiros da família eram limitados e destinados para pagar as contas e comprar dos alimentos da casa, sempre com dificuldades. “Eu me lembro que às vezes eu sentia vontade de tomar Danoninho e comer bolachas Mabel, mas eu sabia que minha mãe não podia comprar”, lembra. Com tanta dificuldade, Danila precisou assumiu a responsabilidade de “mãe” com os irmãos menores; ela cozinhava, arrumava a casa, levava os irmãos à escola e comparecia até nas reuniões de pais. Essa rotina a privava da experiência de infância de brincar com outras crianças e sair, pois precisava cuidar dos irmãos. “Um dia, quando minha mãe estava fazendo plantão no Hospital Lúcia Rebelo em Goiânia, no turno da noite, eu fui fazer a mamadeira para o meu irmão e me queimei com leite fervente. Os vizinhos ajudaram e fui levada às pressas para o hospital de queimaduras da cidade com uma queimadura de terceiro grau. Lembro-me bem da minha mãe chorar inconsolavelmente, com um olhar de culpa, pois ela não estava em casa porque precisava trabalhar”, relata.

Com todas essas dificuldades, Danila ficou feliz quando seu pai retornou com suas economias do trabalho fora. Comprou um imóvel e a vida da família parecia estar caminhando para o sucesso. Más a dificuldade de conseguir trabalho foi muito grande. “Aqui você se vira, trabalha nos fins de semana, limpa casa, trabalha na construção, abre sua empresa e junta dinheiro… A realidade dos subempregos no Brasil é outra. Então meus pais decidiram vir todos para os Estados Unidos”, conta.

Danila desembarcou com sua família em Atlanta no dia em que completou seus 15 anos. Sem falar inglês, a adolescente começou a estudar na Wheeler High School. Ela frequentou o curso de inglês ESOL da escola por um ano e meio, mas aprendeu a falar o idioma em menos de seis meses. Ela conta que a sua adolescência foi uma experiência muito boa e de muito aprendizado.


OS PLANOS DE ESTUDAR


Danila finalizou a high school e tinha muita vontade de fazer faculdade. Desde o início ela queria fazer um curso relacionado à Educação. Escolheu o curso “Early Childhood Development”, mas como não era considerada residente no país, não conseguiu uma bolsa de estudos. “As faculdades eram extremamente caras e me encontrei em uma situação muito triste”, conta. Danila não desanimou e resolveu trabalhar para poder pagar por seus estudos sozinha. Logo escolheu a opção de classes on-line para diminuir alguns custos. Nesse tempo, a brasileira já havia se casado e tinha um filho pequeno, o que fez o desafio de trabalhar e estudar ainda maior.

A pequena família resolveu mudar-se para New Orleans. Lá Danila retornou aos estudos. Logo encontrou uma faculdade e começou a rotina de trabalho duro para pagar as mensalidades. “Eu fiz de tudo para poder ter o dinheiro da faculdade no final do mês. Trabalhei com limpeza de casas; me aventurei até o trabalho na construção civil, removendo telhado (roofing); trabalhei transportando entulho; fui motorista de caminhão cheio de trabalhadores para a construção; demolição de paredes e remoção de piso; entre outros trabalhos que fiz durante três anos para poder pagar meus estudos”, conta com orgulho.

Ela conta também que cada uma de suas classes custava em torno de dois mil dólares. Enquanto os outros alunos faziam quatro a seis classes por semestre, ela só conseguia pagar uma única classe. “Eu sabia que meus passos seriam de tartaruga, e fazendo somente uma disciplina por semestre iria demorar demais para eu me formar; mas não desisti e continuei até o final!”, relata. A brasileira frequentou as instituições de Ensino superior da Georgia Tech, Kennesaw University e a Pen Foster College.


A VIDA PROFISSIONAL


Após finalizar seus estudos, Danila trabalhou como professora titular por dois anos em uma escola. Ela seguiu fazendo outros cursos e atualizações em sua área. Sua formação é de “Early Childhood” (primeira infância), mas também possui treinamento com CDA Childhood Development, CPR (primeiros socorros) e AED. Além disso, possui especialização em Identificação do (Ta) Espectro do Transtorno Autista e Atraso de Fala.

Quando decidiu abrir sua própria escola, Danila encontrou muitas barreiras: “Foi muito difícil, pois há muita burocracia no processo. Além de fazer solicitações para permissões, cada uma em um departamento diferente, tive que ser persistente até aprovarem todos os requisitos exigidos pela lei para operar um business como o meu”, disse.

Após os trâmites, a empresária inaugurou a Prime Step, que fica em Marietta, no Condado de Cobb. Danila conta que a missão de sua escola é de democratizar o acesso ao conhecimento e promover a construção moral e ética em seus alunos desde a infância.


VIDA PESSOAL


A brasileira conta que durante sua jornada aqui nos Estados Unidos acabou se separando de seu primeiro esposo, e mais tarde se casou novamente e teve mais um filho, que está com quatro aninhos.

Danila conta com a ajuda dos pais, que também trabalham na Prime Step. Em seu tempo livre, ela gosta de passar com sua família. Visita a casa dos pais todo fim de semana, passeia com seu esposo e filhos. “Tenho meus amigos os quais gosto de visitar, gosto de passear no parque, ir ao lago, fazer ginástica, escutar música e relaxar a mente”, conta. Também gosta muito de ler e escrever, e está nas etapas finais de lançamento de um livro.


2020 E O FUTURO


O período da pandemia tem sido um período de aprendizado muito grande para Danila e seu business. Ela conta: “Tivemos que nos reinventar, aprimorar nossos serviços e aprender as novas guidelines de segurança impostas pelos departamentos de Saúde e de Educação em resposta ao COVID-19.”

A Prime Step foi essencial para ajudar as famílias da nossa comunidade quando toda a confusão e incertezas sobre as aulas das crianças nas escolas públicas e particulares com aulas virtuais aconteceu no meio da pandemia. A escola ofereceu o Learning Program, no qual as crianças do Kindergarten até a terceira séria poderiam assistir as aulas virtuais de suas escolas na Prime Step e receber ajuda para fazer o login e as tarefas escolares, além de oferecer o after school para os pais poderem trabalhar tranquilos.

Agora que as aulas no condado de Cobb retornaram a ser presenciais, Danila também está servindo as famílias com o programa do after school, no qual o ônibus da Prime Step passa pela cidade recolhendo as crianças após a aula e os leva à escolinha para ficarem o restante da tarde até os pais retornarem do trabalho.

Além desses programas especiais, a escolinha está operando 100% com os serviços de berçário, com bebês a partir de 4 meses; Daycare (creche); e o programa official do governo Georgia Pre-K, que antecede o Kindergarten (jardim da infância). Com as novas regras de distanciamento social e higienização para as escolas, Danila rapidamente adaptou seu business e fez treinamento com seus funcionários para poderem operar sem interrupções.

“Meus planos para o meu business não mudaram. Fizemos adaptações e continuamos com o programado. O meu conselho aos empresários é que continuem lutando, aproveite oportunidades e cuidando da sua saúde física e emocional. Tudo isso irá passar e sairemos dessa situação com o diploma da resiliência nas mãos. Ajudem quem puder ajudar e cuidemos uns dos outros”, ressalta Danila.


AGRADECIMENTOS


“Quero aproveitar esta oportunidade para fazer um agradecimento aos meus pais Sandra e Nathan, porque eles com certeza são a base e o fundamento do meu sucesso.

Também quero agradecer a comunidade pelo apoio que me deu desde o começo, e que gratidão é a palavra que tenho por cada um de meus clientes e, principalmente, pelos meus colegas de trabalho, pois o trabalho em equipe é o que define o nosso sucesso.

Agradeço também ao corpo docente da escola pelo empenho e dedicação. Sem eles com certeza não alcançaríamos o objetivo de instrução as nossas crianças. Fica aqui o meu profundo agradecimento a: Allane Eggea (chefe de diretoria), Mayara Sayuri (assistente pessoal), Jamile (professora titular), Valnilda (professora titular), Elizangela (professora titular), Isabel (professora titular), Vanessa (professora titular), Lais (professora titular), Weydila (professora titular), Sarah Patricia (professora titular), Mss. Davis e Mss. Mariana (Pre-k Teacher), e as assistentes de sala Marcia, Tatiana, Sharla e Isabela.”




Da Redação
FOTOS POR ANA NOBRE

Last Updated on Wednesday, 14 October 2020 20:00
 

Translate

Portuguese English Spanish