Home Culturalizando
Culturalizando | Luciana Mello Na luz do samba
Wednesday, 12 July 2017 00:00

Lançado pela gravadora Radar Records, “Na luz do samba” é o oitavo álbum de carreira da cantora e compositora paulista Luciana Mello. Com nove canções, o disco é uma homenagem belíssima ao seu saudoso pai, o cantor Jair Rodrigues.

O CD abre com a canção “Estrela sorridente”, de autoria de seu irmão, o cantor, compositor e produtor musical Jair Oliveira, em tributo ao seu pai. Com arranjos de Walmir Borges, a faixa se destaca pela interpretação magnífica e carregada de emoção de Luciana, ornamentada pelo aporte luxuoso de um grande time de músicos formado por Walmir Borges, Marcelo Maita, Marcelo Lombardo, Robinho Tavares, Daniel de Paula, Márcio Forte e Adilson Didão. Na sequência vem “Brasileira guerreira”, que também é de autoria de Jair Oliveira, e é um dos pontos altos do disco e um deleite para os amantes desse gênero musical.

A terceira faixa, “Somente sombras”, tem a participação especial da cantora Alcione. De autoria de Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho, a canção registra um maravilhoso encontro de duas grandes divas da música popular brasileira interpretando um samba primoroso, valendo ressaltar que essa canção foi gravada por Jair Rodrigues em 1987. Em seguida, vem a faixa “Clementina”, uma composição de Altay Velloso e também um dos grandes momentos do álbum.

“Joia rara” é a quinta faixa do CD. O samba-soul de autoria de Walmir Borges ganha arranjo swingado e brilhante de Otávio de Moraes e é um dos hits do disco. A regravação de “Escasseia”, composição de Aluísio Machado, Beto Sem Braço e Zé do Maranhão, que foi interpretada pela sambista Beth Carvalho na década de 80, ganha novo arranjo de Walmir Borges e se destaca pela participação especial de Pio Cabral no piano e a brilhante intimidade de Luciana com o ritmo, que foi tão divinamente cantado pelo seu pai.

O samba jazz “Sou eu” é, sem dúvidas, uma das pérolas desse esmeroso trabalho. A afinação precisa e leveza na interpretação, qualidades de Mello como intérprete, somado às belíssimas improvisações vocais (Scats) e a contribuição de um sofisticado acompanhamento musical de virtuosos instrumentistas, dão destaque a essa delicada e linda canção de autoria de Moacir Santos e Nei Lopes.

“Na correria” é a penúltima faixa desse emocionante álbum. De autoria de Jair Oliveira, a canção mescla elementos do samba de roda e do samba de raiz. Arranjado por Webster Santos, a música é um hit para se tocar nas rádios por anos, e um grande acerto no repertório do projeto.

O disco finaliza com a regravação da música “Roda de baiana”, composição de Alceu Maia e Toninho Nascimento, imortalizada na voz de Jair Rodrigues no seu álbum gravado em 1987, e conta com a participação da filha de Luciana, Nina Levy, cantando num dueto alegre e gracioso.

O álbum é, de fato, uma obra rebuscada e vale a pena ser escutado e adquirido. Produzido e arranjado conjuntamente com Luciana e os músicos Walmir Borges, Otávio de Moraes, Prateado e Webster Santos, o mesmo se encontra disponível nas principais plataformas digitais.



Fernanda Noronha
Cantora e compositora
fernandanoronha.com.br

Last Updated on Wednesday, 12 July 2017 19:03
 
Culturalizando | Pequeno mapa do tempo – Belchior 70 anos
Wednesday, 12 July 2017 00:00

Em homenagem ao cantor e compositor cearense Belchior, falecido recentemente, e seu legado na música popular brasileira, a gravadora Warner Music lança a coletânea “Pequeno mapa do tempo - Belchior 70 anos”.

Composto por 14 faixas de grandes sucessos gravados pelo artista, como "Coração selvagem", "Paralelas" "Medo de avião" e "Divina comédia humana”, essa coletânea registra raridades que os fãs do artista poderão finalmente ouvir e contemplar em formato digital, incluídas por seu valor histórico, como na primeira versão de "A Palo Seco", lançada em compacto no ano de 1973, e de uma gravação acústica de "Galos", "Noites" e "Quintais", introduzida por um trecho do Salmo 50, feita para um álbum promocional de lançamento da gravadora Warner no Brasil.

A seleção também comporta regravações de "Apenas um rapaz latino americano" e "Como nossos pais", feitas para um álbum de coletânea do ano de 1981.

Para a juventude sequiosa por conhecer o rico acervo da música popular brasileira e seus principais representantes, vale ressaltar que Belchior foi um dos primeiros cantores de MPB do nordeste brasileiro a fazer sucesso nacional, em meados da década de 1970, e algumas de suas canções foram gravadas por grandes intérpretes brasileiros, como Elis Regina, Jair Rodrigues, Vanusa, entre outros.

Ainda sobre o álbum, para quem quiser adquiri-lo, o mesmo encontra-se disponível nas principais plataformas digitais.



Fernanda Noronha
Cantora e compositora
fernandanoronha.com.br

Last Updated on Wednesday, 12 July 2017 19:04
 
« StartPrev123NextEnd »

Page 1 of 3

Translate

Portuguese English Spanish