Home Espaço do empreendedor
Espaço do empreendedor | BEATRIZ KELLY: BELEZA É ESTAR CONFIANTE EM SUA PRÓPRIA PELE
Wednesday, 16 September 2020 00:00


Nosso Espaço do Empreendedor desta edição traz a história da brasileira Beatriz Kelly, que vive nos Estados Unidos há 15 anos e mora em Atlanta há 6. A empresária é CEO e proprietária do SPA Beatriz Kelly Skincare & Wellness.

Beatriz nasceu em Sacramento, no estado de Minas Gerais, em uma família de empreendedores rurais, sendo a caçula de oito irmãos, o que acredita que a fez querer trabalhar por sua própria conta, ter seu próprio negócio.

Logo que chegou nos Estados Unidos, Beatriz diz que se identificou bastante com a cultura. “Falo que encontrei o meu lugar! Adorei a educação dos americanos. De início, tive dificuldades com a língua, mas conseguia me comunicar por escrito. Logo já conheci aquele que se tornaria meu marido, que fazia tudo pra mim e me ajudou bastante. Dificuldade sempre tenho, mas procuro agradecer as pequenas coisas e ver que tudo que parece ruim e apenas um aprendizado para podermos evoluir na vida”, conta a brasileira. Beatriz é casada com o americano Charlie Kelly e tem uma filha, Sophia Kelly de 13 anos, que considera o seu maior orgulho e sonho realizado. Hoje, Beatriz é especializada em tratamentos da pele, rejuvenescimento, acne, manchas e outras imperfeições da pele, e se destaca na área.


O INÍCIO NO MUNDO DA ESTÉTICA


"A estética é a minha paixão. Minha curiosidade sobre a pele começou quando eu era criança. Percebi que minha mãe aparentava ser mais velha do que as mães das minhas amigas. Isso me incomodava, especialmente quando as pessoas se referiam a ela como minha avó. Quando criança, não sabia que ela já era mãe de oito filhos e que me teve aos 40 anos de idade. Eu também comecei a notar que algumas de minhas irmãs adolescentes tinham acne, o que me preocupava. Isso me fez despertar a vontade de buscar uma solução que pudesse ajudá-las", recorda ela.

Assim que começou a entrar na adolescência, Beatriz relembra que começaram a aparecer as espinhas em si, e se sentia constrangida com sua aparência e acreditava que era a garota mais feia de todos os tempos (com base nos padrões da sociedade), pois, além das espinhas, tinha problemas ortopédicos nos pés e nas pernas, problemas de visão e estrabismo, que a obrigou a usar óculos de graus fortes, o chamado "fundo de garrafa", e com tudo isso sofreu bullying por outras crianças. Isso a fez muito tímida, eu me fechei, não falava com ninguém. Beatriz lembra que "foi o maior desafio para meus pais me levarem a consultas médicas porque eu nem mesmo respondia a perguntas tão simples com um sim ou não." Mas mesmo depois de “superar” seus problemas de saúde, Beatriz conta que cresceu com baixa autoestima, pois “no Brasil a indústria da estética vende para você o sonho de corpo e rosto perfeitos. Foi quando pensei que se usasse cosméticos faciais, isso faria com que eu fosse magicamente parecida com as garotas dos comerciais”, conta.

Aos onze anos de idade, Beatriz começou a vender uma popular marca de cosméticos. Suas cinco irmãs eram suas melhores clientes e com a comissão comprava seus produtos: "Fiquei empolgada, me fez sentir que dirigia meu próprio negócio e eu tinha uma satisfação quando entregava os produtos para as pessoas. Elas se sentiam felizes", lembra.

Durante sua adolescência, a brasileira pesquisava revistas e livros para aprender tudo o que pudesse sobre ingredientes naturais e como realizar seus próprios cuidados com a pele em casa, fazendo experimentos no próprio rosto com a máscara que criava. Mas Beatriz diz que foi um aprendizado e não recomenda, pois danificou mais a sua pele do que ajudou. Mais tarde, aos 21 anos, teve a oportunidade de trabalhar como representante de uma distribuidora de cosméticos, vendia para supermercados, lojas de cosméticos, farmácias e salões de beleza. Apesar da timidez, e não falar muito, sentia um frio na barriga toda vez que precisava entrar em um escritório para negociar. Mesmo assim conseguiu ter destaque nesse trabalho.

Beatriz não se sentia confortável com a sua aparência, conheceu uma esteticista, com quem não só mudou a sua própria aparência, mas aprendeu que ser esteticista não era apenas ter os melhores equipamentos e produtos estéticos, e sim como fazer as pessoas se sentirem bem e autoconfiantes: “Ela não apenas mudou a aparência da minha pele, mas me fez acreditar que eu era bonita e me ensinou que reclamar da própria aparência não traz melhoras.” Nessa época Beatriz cursava Gerenciamento em Turismo. Seu sonho era viajar e conhecer outras culturas. Depois que concluiu seus estudos, sua professora de inglês a colocou em contato com uma agência de cursos nos Estados Unidos, onde, mais tarde, foi passar um ano para aprender a cultura e melhorar seu inglês.


A VIDA PROFISSIONAL NOS ESTADOS UNIDOS


Beatriz veio para os Estados Unidos em 2005, morando inicialmente em Saint Louis - MO, onde conheceu Charlie, com quem se casou em 2007 e tive a filha Sophia. Naquela época, ela acreditava que sua missão era ser a melhor mãe e esposa que poderia. Mas logo quando a filha começou a ir para escola, Beatriz também começou a frequentar a escola de estética em STL, Skin Institute.

Em 2014, mudaram-se para Atlanta. Durante seu primeiro ano nessa cidade, frequentou a escola Elaine Sterling Institute, e se dedicou aos estudos para adquirir sua licença de estética da Geórgia, e assim fazer cursos de pós-graduação em tratamentos avançados para a pele na DerMed College of Advanced Aesthetics, bem como pós-graduação da IDI - The International Dermal Institute. Desde então, ela continua fazendo cursos on-line e fora da Geórgia para mais conhecimentos sobre pele.

Em janeiro de 2016, Beatriz começou a trabalhar em um spa médico sofisticado em Buckhead, onde teve bastante destaque, recebendo a proposta de ser a esteticista-líder do local. Mas foi quando pediu para sair e investir seu tempo e suas habilidades para ajudar a comunidade brasileira. Em agosto desse mesmo ano, iniciou sua própria prática, em que poderia criar seus próprios protocolos, deixando de seguir um menu pronto de serviços como a maioria dos spas fazem. "Tive minha primeira sala dentro do Angel Hair Salon. A minha maior dificuldade foi iniciar sem dinheiro algum, mas apenas com um Amazon credit store de 800 dólares, com 6 meses para pagar, valor com o qual comprei o essencial para montar uma sala. O que me ajudou muito foi ter um treinamento com o top dermatologista e cientista de pele dos Estados Unidos, Dr. Carl Thornfeldt, ainda em Saint Louis. Assim, logo de início consegui ter o apoio de sua empresa de cosméticos de nível médico, onde tive acesso a excelentes treinamentos para dermatologistas.

Em 2017, a empreendedora mudou seu consultório para o Zeze Hair Salon. No ano seguinte conseguiu realizar um pequeno sonho em ter sua prática em uma suíte de escritório num prédio médico prestigiado de East Cobb. Em 2018 e 2019 foi convidada para representar Geórgia com uma das cinco juradas de estética na competição Skills USA. Também em 2019 participou de vários congressos de estéticas na Geórgia e outros estados, fazendo conexão com os melhores profissionais da área dentro dos Estados Unidos.


2020 E O FUTURO


Beatriz conta que o ano de 2020, apesar de ter sido um ano de grandes dificuldades para muitos, tem sido o melhor ano para a sua carreira: "Tive a oportunidade de estudar muito fazendo cursos on-line e investi bastante tempo na minha educação durante a quarentena. Tenho oferecido suporte a outras esteticistas e tenho trabalhado em projetos para o futuro, para ajudar ainda mais as minhas clientes e outras esteticistas", relata.

“Graças a Deus tenho sido valorizada pelas minhas clientes e tendo destaque na comunidade brasileira como especialista em cuidados de pele. O que penso que tem me ajudado a melhorar cada vez mais e ter a humildade em pedir ajuda quando tenho dificuldades. Já tive clientes para quem agendei consultas com dermatologista e as acompanhei na consulta, pois isso sempre me ajuda a aprender muito sobre pele”, ressalta Beatriz. Além disso, a esteticista fala que sempre manteve contato com suas professoras, que são suas mentoras até hoje, pois acredita que mexer com a pele é algo muito complexo.

E o sucesso não é à toa. Beatriz Kelly sempre buscou excelência no que faz. "O segredo para sucesso na carreira de estética compreende: não tentar ser tudo para todos; não tentar fazer todos os serviços de estética; focar no que você mais gosta e faz melhor; não se preocupar em aprender tudo de novo que aparece no mercado antes de ser expert no que já faz; fazer conexão com outros profissionais; ser criativa; e focar em si própria, esquecendo a "competição", pois isso apenas nos distrai.




Da Redação

Last Updated on Thursday, 17 September 2020 13:27
 
« StartPrev12NextEnd »

Page 1 of 2

Translate

Portuguese English Spanish