Home Espaço do empreendedor
Espaço do empreendedor | MARCELO BERNAL: CEO DA CARNEGIE BRASIL, UMA INOVAÇÃO REVOLUCIONÁRIA NO APRENDIZADO DO INGLÊS
Thursday, 18 March 2021 00:00


Para o nosso "Espaço do Empreendedor" desta edição, trouxemos a história do brasileiro Marcelo Bernal, que nos conta sobre um pouco sobre a sua história e trajetória nos Estados Unidos, e sobre o seu mais novo empreendimento profissional: a Carnegie Brasil, para o ensino da língua inglesa.

Marcelo é brasileiro, natural de São Paulo, e mora em Atlanta com sua família. Ele é formado em Administração pela FEA-USP e tem MBA pela Cornell University. Em sua jornada nos Estados Unidos, o brasileiro esteve à frente da operação internacional da Cielo em Atlanta, e, antes disso, em grandes instituições financeiras em Londres, New York e São Paulo.


TRABALHO E VIDA PROFISSIONAL


Antes de mergulhar no setor de educação, Marcelo passou bastante tempo na área financeira, colecionando títulos, e com currículo como executivo-chefe e diretor financeiro experiente, com histórico comprovado de sucesso na liderança e transformação de organizações nos setores de pagamentos e tecnologia financeira. “Minha experiência em desenvolvimento de negócios abrange finanças estruturadas, mercado de capitais de ações e dívidas, bancos e private equity”, conta ele.

Marcelo trabalhou para empresas estabelecidas como Goldman Sachs, Citibank, HSBC e, mais recentemente, Merchant e-Solutions / Cielo. “Sou um líder orientado para resultados, que constrói planos estratégicos de longo prazo que posicionam as empresas para o sucesso por meio da construção de estruturas em escala para o crescimento em indústrias dinâmicas e competitivas”, explica.

Ele conta que o principal para esse sucesso é sua capacidade de entregar desempenho consistente, simplificando e automatizando processos, construindo relacionamentos fortes e criando força de bancada em todas as organizações em que trabalhou.

Marcelo veio para Atlanta com a missão de transferir as operações da Cielo, que até então ficavam no Vale do Silício. Este projeto envolveu esforços de autoridades locais como a Georgia Department of Economic Development, Atlanta Metro Chamber e Brazilian American Chamber of Commerce of the Southeast (BACC-SE), que teve até uma visita do então governador da Georgia, Nathan Deal, ao Brasil para apresentar as vantagens do nosso estado da Geórgia para o então CEO da Cielo, o Sr. Rômulo Dias.

Por ser uma empresa de processamento de cartões de crédito, se alguma atividade da Cielo parasse de funcionar, os clientes não receberiam seus pagamentos. “Foi como trocar o motor de um avião em pleno voo” disse Marcelo. Mas felizmente o processo foi bem-sucedido e em seis meses a Cielo estava totalmente instalada na cidade de Buckhead, Geórgia. Durante este período, Marcelo aproveitou para redesenhar e automatizar uma série de processos e consolidar o time, que ao final do processo, tinha mais de 200 colaboradores. Marcelo fez parte de conselhos de instituições importantes como Fintech Atlanta, ATPC e TAG. Durante este período na Fintech, Marcelo teve bastante contato com tecnologia e inovação, o que começou a despertar nele a vontade de buscar aplicar estes conhecimentos no setor de educação.

Marcelo começou sua carreira como professor de inglês. Apesar de ter seguido no mercado financeiro internacional, em que teve contato com tecnologia e inovação, sua paixão pela educação e a crença da sua importância para o desenvolvimento sustentável do indivíduo e do Brasil sempre esteve presente e resultou no nascimento da Carnegie Brasil, que tem a missão de trazer, com o apoio da tecnologia, educação de qualidade, em escala, para todos os cantos do mundo.


CONHEÇA A CARNEGIE BRASIL


Tendo nascido em uma família de classe média em São Paulo, seus pais dedicavam uma fatia relevante do orçamento familiar para a educação de Marcelo e de sua irmã, Priscila. Durante toda a adolescência, Priscila e Marcelo fizeram um curso tradicional de inglês. Aos 17 anos, Marcelo teve a oportunidade de fazer um intercâmbio nos Estados Unidos e, apesar de ter recebido o diploma do curso de inglês que fez, passou um mês sem conseguir se comunicar, pois o curso avançado no Brasil era equivalente à um nível intermediário aqui no EUA. Marcelo aprendeu o inglês e acabou passando grande parte da sua carreira fora do Brasil. Mas a vontade de transformar o aprendizado de inglês no Brasil sempre ficou, até que em meados de 2017 nasceu a Carnegie Brasil para mudar o paradigma do aprendizado de inglês no Brasil com metodologias cientificamente testadas e alta tecnologia, com foco muito grande em resultados.

Para se aprender um idioma, leva-se uma quantidade grande de tempo e esforço para se chegar ao resultado desejado de falar fluentemente e dominar totalmente os quatro aspectos de uma língua: escrita, leitura, oralidade e compreensão.

No mercado hoje existem plataformas de ensino que usam inúmeros recursos, mas poucas garantem o aprendizado. Assim, após um tempo em que o aluno não consegue ver sua progressão do aprendizado, acaba abandonando o curso.

Antes da criação da Carnegie, Marcelo investiu bastante tempo tentando conhecer quem estava por trás de grandes histórias de sucesso em proficiência pelo mundo e chegou à universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh, PA. Ela é sede do Language Technology Institute, o departamento de tecnologias linguísticas mais avançado do mundo e de onde saíram muitas das soluções inovadoras em aprendizado de línguas. Grande parte das tecnologias aplicadas nas soluções da Carnegie saem de lá. Este também foi a inspiração para o nome da Carnegie Brasil.

“O Feedback preciso, em tempo real, é crucial para o aprendizado de um novo idioma.” conta Marcelo. “Através de inteligência artificial, as nossas soluções são capazes de ouvir o aluno falar inglês, avaliar a probabilidade deste aluno ser compreendido por um nativo, e criar um currículo, específico para aquele aluno cobrindo apenas aquilo que o aluno precisa estudar. É como ter um professor particular quando e onde você quiser.”

As soluções da Carnegie foram cientificamente comprovadas acelerar em até 3x o aprendizado da língua inglesa e podem ser incorporadas como atividade complementar a qualquer outro curso, pois faz algo que os professores não fazem, que é este treinamento minuciosos de pronúncia, fluência e entonação.


OS PILARES DA PLATAFORMA DE ENSINO DA CARNEGIE BRASIL


A Carnegie Brasil conta ainda com um time de executivos altamente experiente em integrar tecnologias de ponta à forma do Brasileiro de aprender inglês.

As soluções da Carnegie Brasil foram desenvolvidas com base em mais de 30 anos de pesquisas científicas e contém o que há de mais avançado em tecnologia e metodologia de aprendizado. Suas plataformas seguem os cinco conceitos que criaram a sigla ULTIA (Universal Learning Science, Technology Acceptance Model; Intelligent Tutoring Systems; Automated Speech Recognition), que é o “gold standard” quando falamos de plataformas de ensino de idiomas. Além disso, foram objeto de estudo de inúmeras teses de doutorado em proficiência dada sua alta sofisticação tecnológica e eficácia.

O conceito da inteligência artificial ficou muito mais conhecido agora durante a pandemia do COVID-19, pois muitas pessoas começaram a entender melhor o mundo digital. Esse sistema é aquele que serve de apoio ao aluno no ensino da língua. O aluno é capaz de ser corrigido em tempo real, no momento no qual ele fala uma palavra ou uma estrutura gramatical de maneira clara e assertiva. “Ter conhecimento sobre o som e como esse som é produzido, e receber um feedback imediato, ajuda muito o aluno a monitorar os seus próprios erros e ter uma linguagem mais autônoma,” explica Marcelo.

Em suma, o sistema da plataforma usada pela Carnegie Brasil é o resultado de milhares de pesquisas e de milhares de pessoas envolvidas em um estudo envolvendo a neurociência e a tecnologia para personalizar o aprendizado de cada aluno individualmente, de forma eficaz e acessível. Ao buscar um curso de inglês, todas as pessoas deveriam considerar: a frequência em que você irá estudar (colocar na rotina); a informação dos cursos que estão no mercado para escolher bem; trabalhar as quatro habilidades do aprendizado (fala, escrita, leitura e compreensão); aprender e praticar; e finalmente fazer a nossa parte!


A PANDEMIA DO COVID, O ENSINO ON-LINE E A CARNEGIE EM ATLANTA


O mundo inteiro foi forçado a se adaptar ao mundo digital por causa da pandemia do coronavírus. Parece estranho, pois, apesar de sermos a geração da era digital, descobrimos que ainda havia muita desinformação, falta de treinamento e inclusão das pessoas para aproveitarem tudo que o mundo digital tem a oferecer. Além disso, a pandemia nos mostrou a importância de nos comunicarmos de forma clara oralmente, dado que o quebra-gelo, ou “body language” e outros benefícios dos encontros presenciais desapareceram ao passarmos todas as nossas interações através de aplicativos como o Zoom ou Google Meet.

“As nossas plataformas já eram utilizadas por mais de um milhão de pessoas pelo mundo antes da pandemia. Muitas empresas globais e universidades americanas de ponta como Yale, Stanford, UGA e Chicago oferecem nossas soluções para seus estudantes estrangeiros. O que estamos fazendo é simplesmente expandir o acesso àqueles que hoje não tem condições de frequentar uma destas universidades.” exalta Marcelo.

A expansão da Carnegie para fora do Brasil, nasceu do sucesso da plataforma com os brasileiros. Aprender inglês no Brasil é uma escolha profissional. Já para os brasileiros que vivem em países de língua inglesa, é uma necessidade. Marcelo diz que “todos nós sabemos o quanto a vida de um imigrante é corrida aqui na terra do Tio Sam. Apesar de ser uma necessidade, há pessoas que nunca conseguiram conciliar o trabalho com um curso de inglês que realmente os fizesse aprender”. Por isso focamos em soluções de aprendizado autônomo, em que o aluno aprende quando e onde quiser e, se tiver dúvida, um tutor brasileiro está pronto para ajudar. Além disso, por terem sido desenvolvidas com base em neurociência, as plataformas da Carnegie funcionam para alunos de todas as idades. “Minha mãe, que tem mais de 65 anos de idade é uma das maiores usuárias do CarnegieSpeech e os resultados são visíveis”, diz Marcelo.

Marcelo explica que informação é poder. E o domínio do inglês, além de ser uma necessidade, é a garantia de uma melhor qualidade de vida para os brasileiros que vivem aqui. Você já imaginou o quanto sua vida seria diferente se você tivesse fluência e dominasse o idioma local?

“Nós ficamos muito felizes em saber que nossas plataformas foram desenhadas em cima desses conceitos sólidos, com alta tecnologia aplicados ao ensino da língua e temos a segurança em falar sobre a eficácia do nosso curso e seu valor para os brasileiros vivendo nos Estados Unidos. Estamos aqui para fazer a diferença na sua vida”, ressalta Marcelo. Agora só não aprende inglês quem não quer.


DICAS E AGRADECIMENTOS


Marcelo convida a todos a experimentarem gratuitamente por sete dias as plataformas da Carnegie Brasil, e finalmente aprenderem o inglês para viveram uma vida mais produtiva, cheia de realizações e feliz.

“Agradecemos a todos aqueles que ajudam a divulgar a Carnegie em Atlanta, principalmente o Consulado-Geral do Brasil em Atlanta, a BACC-SE - Câmara do Comércio Brasileira no Sudoeste Americano e a Revista Cia Brasil Magazine” conclui o empreendedor Marcelo Bernal.




Da Redação
Fotos por Ana Nobre Photography

Last Updated on Thursday, 18 March 2021 18:26
 
« StartPrev123456NextEnd »

Page 1 of 6

Translate

Portuguese English Spanish