Home Finanças & Planejamento
Finanças e Planejamento | VOCÊ PROVAVELMENTE PRECISA DE SEGURO DE VIDA... SIM, VOCÊ MESMO!


Quer ficar sozinho durante um jantar? Comece discutindo sobre religião, política ou sobre o seguro de vida. Não é divertido falar sobre isso e definitivamente não é uma situação pela qual as pessoas querem passar.

Interessante? Não. Algo que você pode se gabar com seus amigos do trabalho? Provavelmente não. A maioria das pessoas não pensam sobre uma proteção financeira contra o infeliz evento em que você ou um ente querido morre repentinamente, seja essa morte resultado do COVID19 ou de qualquer outra doença ou acidente. Mas, apesar de esse ser um assunto não muito desejado, vamos falar sério?

O seguro de vida não é apenas uma parte essencial do planejamento de vida, é um elemento central do planejamento financeiro básico de qualquer pessoa. Essa é a parte das minhas reuniões iniciais em que normalmente vejo as cabeças dos meus clientes balançando, concordando. A maioria deles concorda que precisa de cobertura de seguro de vida, mas, também como a maioria das pessoas, vai empurrando com a barriga ou inventa um milhão de razões pelas quais não o fazem, até que ocorra um evento importante da vida, como a presente pandemia do COVID19, com um grande risco de uma morte prematura ou até mesmo outras doença, que os leva a querer obter alguma cobertura de vida. A boa notícia é que nunca é tarde demais para se tomar a decisão de proteger a sua família com um seguro de vida.

No momento existem enormes vantagens e benefícios para adquirir seguro de vida, especialmente se você tem dependentes, planeja se casar, tem trabalhadores, um parceiro de negócios, proprietário de uma empresa, tem filhos que dependem de você para a educação universitária, fisicamente ou deficientes mentais, está inundados com dívidas e contas ou planejando iniciar uma família. Esses são apenas alguns itens da lista de razões. Você pode literalmente preencher os espaços em branco com respostas exclusivas da sua situação.

Um questionamento que muitos fazem: “Eu realmente preciso de seguro de vida?” O ponto principal é que se alguém em sua vida depende de você financeiramente, você precisa de um seguro de vida. Uma das perguntas-chave e cruciais que você deve se perguntar é se sua morte prematura irá prejudicar e financeiramente as pessoas em sua vida. E não estou falando de estar triste por você ter morrido, mas a parte em que seus entes queridos realmente poderão assumir suas responsabilidades financeiras.

Você é proprietário de uma empresa? Qual é o plano da sua empresa se amanhã você não estiver mais por aqui? Como continua a crescer? A empresa fechará as portas na ocasião de sua morte? O que acontecerá com os seus funcionários? Se você tem sócio(s), como ele(s) conseguirá(ão) o dinheiro para pagar a compra da sua parte da empresa? Além de deixar de lado uma grande economia com os lucros da empresa, o uso do seguro de vida para cada sócio é uma das únicas maneiras de garantir que haja dinheiro para a família sobrevivente.

Para saber qual o valor de seguro que realmente será preciso, um bom consultor financeiro pode ser de grande ajuda para classificar suas necessidades pessoais. Uma fórmula geralmente aceita pode ser algo como sete a dez vezes a renda familiar. Elementos como idade, necessidades educacionais, questões médicas, complicações da dívida, dependentes da família não-imediata, propriedade de empresas, atividades extracurriculares e estilos de vida são apenas alguns dos problemas únicos que você precisa compartilhar com seu planejador financeiro.

Se você perguntar quando é o melhor momento para se obter um seguro de vida, respondo que é agora! Conforme você fica mais velho, o seguro de vida vai ficando mais caro. Também o fator saúde conta: Você está tomando medicamentos? Se a resposta é sim, o seguro ficará mais caro. Mas a parte boa dessa história é que ao comprar o seguro agora, antes de você estar doente ou tomando medicamentos, resultará na perda do direito das seguradoras de aumentar seus “prêmios”, o que é chamado de prêmios garantidos: ao se fixar nas tarifas enquanto você é saudável e mais jovem, você está dando a si mesmo o direito de pagar o mesmo prêmio pela vida do contrato ou da sua vida, se você adquirir cobertura permanente.

Já ouviu dizer que você não pode obter seguro por causa de condições pré-existentes? Isso é um mito. Tomar medicamentos ou ter condições de saúde como problemas de coração, fígado, diabetes ou até depressão são problemas com os quais muitas companhias de seguros estão dispostas a trabalhar, na maioria dos casos. Ter uma doença pré-existente não deve ser a razão pela qual você não busca obter cobertura.

Existem muitas companhias de seguros de primeira linha que entendem que a vida é cheia de imprevistos e trabalham com você para obter a cobertura necessária. Assim como outras questões do planejamento financeiro principal, o seguro de vida precisa ser um dos pilares dentro da sua via financeira. Quando se trata do bem-estar financeiro de sua família ou entes queridos na sua ausência, não há motivo para se arriscar quando há tantas opções acessíveis de seguro de vida disponíveis. Basta planejar junto a um consultor experiente.

Você já possui seguro de vida, mas tem dúvidas sobre a sua apólice? Entre em contato conosco que podemos lhe ajudar gratuitamente a rever e entender todos os termos do seu contrato.



Richard Moore
Consultor Financeiro Founder & CEO of Great Oak Financial

 
« StartPrev12345678910NextEnd »

Page 1 of 10

Translate

Portuguese English Spanish