Home Reflexão
Reflexão | Ano novo, nova esperança, novas promessas!
Monday, 15 January 2018 00:00


Quando o ano está acabando, colocamos uma expectativa em nosso coração que, no ano novo que está chegando, com ele algo novo acontecerá. Sim, é verdade que quando temos uma expectativa nova a respeito de algo, nosso coração e nossa fé vão de encontro ao novo e a esperança que no dia 1º de janeiro já esteja tudo diferente. Mas não podemos esquecer que, junto com esse dia, nós chegamos juntos. Então, se as nossas atitudes forem as mesmas do dia 31 de dezembro, nada estará novo, nada mudará.

É claro que a fé move todas as coisas. A Bíblia diz que se eu tiver fé, se eu pedir, as coisas acontecerão. A fé não depende de ter ou não uma religião. Muitos seguem Cristo, mas não creem que Ele muda circunstâncias; logo nada acontece. Muitos têm fé, acreditam que as coisas boas acontecem e a fé deles muitas vezes move as coisas, mas sem Cristo seguem suas vidas vazias. Para isso precisamos entender o propósito para o qual fomos criados, nossa identidade, sem a qual nenhum desses desejos bons ou atitudes boas mudará coisa alguma.

Quem somos nós? De onde viemos? Por que estamos aqui? Para onde iremos?

Somos imigrantes não somente na América; somos imigrantes na Terra. Estamos aqui de passagem; nossa vida é apenas um sopro, sai como a flor, e murcha. Foge também como a sombra, e não permanece. Jesus nos prometeu uma vida abundante aqui na Terra e uma vida eterna no Céu.

Vemos as tragédias, as notícias e o medo tem cercado toda uma geração. Há medo para todos os lados, insegurança, dores, fome e guerra. Mas há uma viva esperança. Deus sonhou com cada um de nós, cristão ou não. Fomos desejados, sonhados, planejados, saímos do coração de Deus para o ventre de nossa mãe. O salmista Davi diz que de uma forma tão maravilhosa fomos tecidos dentro do ventre.

Deus, quando sonhou conosco, tinha um projeto para nós aqui na Terra e um plano divino no reino dos Céus. Precisamos descobrir qual o projeto, qual o propósito. Deus nos amou de tal maneira que Ele enviou o seu único filho Jesus do céu para terra para morrer por nós. E Ele morreu, e ressuscitou, e com Ele a ressurreição dos nossos sonhos e projetos que estavam mortos é uma possibilidade e esperança nossa. O mesmo poder que ressuscitou Jesus Cristo ainda está operando no nosso meio.

Muitas pessoas têm mendigado o amor de homens, quando, na verdade, se esquecem de que Deus se fez homem e morreu por nós. Esse foi o maior ato de amor da história da existência humana. Talvez você diga: “Ah, isso não foi por mim eu nem existia!” Ok, talvez na sua concepção seja assim, mas a Bíblia diz que nós estávamos nEle; então, toda a humanidade, tantos os filhos planejadas pelos homens ou não, já estavam todos no coração de Deus.

Quando um óvulo e um espermatozoide se encontram dentro de um útero materno, Deus se responsabiliza em liberar um espírito para a Terra e Ele libera do seu próprio Espírito. Nesse instante, acontece a concepção da vida. De dentro do seu coração, surge um novo indivíduo. Ele o envia para terra e junto com ele um roteiro, uma história para vida. É preciso descobrir o propósito e a identidade. Assim, esse indivíduo, que é cada um de nós, encontrará a verdadeira razão do viver e com isso também a esperança que não se desvanece, pois agora, tem seu verdadeiro sentido de existência.

Muitos podem perguntar: “Mas Deus, sendo tão bom, permitiu eu viver tantas tragédias?” Deus nos criou livres e nos deu o direito de escolha. Às vezes não escolhemos direito. Infelizmente o mundo jaz no maligno e assim como a chuva vem para bons e maus, coisas boas e ruins estão acontecendo o tempo todo ao nosso redor. Mas até mesmo as dores construíram nosso caráter, e as pessoas a nossa volta, boas ou más, podem ser melhoradas, mudadas ou até mesmo transformadas e nós crescermos com aquilo que nos fizeram. Mas precisamos crer que Deus nos ama e o amor lança fora todo o medo. Se você não conhece a Deus ainda, mesmo assim você pode falar com ele , ele é uma pessoa e quer se revelar a você.

A maioria das nossas angústias e tristezas ocorre porque estamos vivendo nosso projeto pessoal. Quando descobrirmos o plano divino, tudo fará sentido e nossa vida terá um novo sentido. 

Estamos voltando para casa: o Céu. Somos peregrinos na Terra, e há muito para descobrirmos e vivermos nos Céus. Muitos pensam que o Céu é um lugar sem nada para fazer, com pessoas se prostrando e dizendo santo, santo, santo... Sim, Ele é santo e não terá como não adorá-lo, e sim dizer-lhe santo, mas será mais do que isso. A Bíblia fala de reinos, governos, mansões celestiais, ruas de ouros e os galardões conquistados aqui; será apenas uma seleção para um plano muito maior.

Meu desejo e minha oração para todos aqueles que lerem este texto, é que descubram seu propósito neste ano e façam diferença na Terra, e não me refiro apenas ao lugar geográfico. O ano novo só será de fato novo se o lugar espiritual for encontrado e as atitudes forem mudadas. Descubra o plano em Deus! Somente assim você será verdadeiramente feliz.



Por Pastora Renata Prado
New Alliance Church

Last Updated on Monday, 15 January 2018 20:14
 
« StartPrev12NextEnd »

Page 2 of 2

Translate

Portuguese English Spanish