Home Curiosidades
Curiosidades sobre a américa | Halloween na América: Curiosidades sobre sua origem, história e comercialização

A data comemorativa das crianças finalmente chegou. O Halloween é um “holiday” anual que é comemorado em 31 de outubro, que move uma indústria de bilhões de dólares. Milhões de americanos participam anualmente no Halloween gastando em doces, fantasias, decoração e festas.

Mas você, que celebra o Halloween todos os anos, sabe sobre a história dessa data e por que é tão amplamente abraçado e celebrado? O Halloween é uma combinação de tradições culturais, religiosas e ocultistas que se estende por séculos. A gênese do evento começou com os celtas, povo que viveu na Europa cerca de 2.000 anos atrás. Eles celebravam o festival de Samhain (no inglês pronuncia-se sow-in), que era comemorado de 31 de outubro a 1º de novembro, e marcava o final do verão e o início do inverno. Diz a lenda que “o véu entre o mundo oculto e o nosso mundo se dilui durante o Samhain, tornando mais fácil para os espíritos e as almas dos mortos retornarem”. Nesse dia, as pessoas fazem oferendas de comida para agradarem esses “espíritos” e os de seus ancestrais.

Samhain também é considerada uma das quatro Grandes Festas ou Sabbats Maiores, sendo considerada a noite mais mágica do ano. Ocorre exatamente o oposto de Beltane na Wheel of the Year. Esse tipo de celebração é mais parecido com o Halloween que conhecemos hoje: é uma noite que as pessoas usam lanternas feitas de abóboras (em inglês jack-o-lanterns), truques ou guloseimas (Trick-or-Treat) e vestir fantasias. Era uma noite para sentar-se à fogueira com amigos e contar histórias arrepiantes de fantasmas.

Como essa celebração se tornou tão popular na América e parte da cultura americana? Segundo o artigo intitulado “Halloween 2018” do website Halloween.com, “à medida que as crenças e costumes de diferentes grupos étnicos europeus, bem como os índios nativos americanos, se mesclavam, uma versão distintamente americana do Halloween começou a surgir. As primeiras celebrações incluíram ‘play parties’, eventos públicos realizados para celebrar a colheita, em que os vizinhos compartilhavam histórias dos mortos, contavam as fortunas uns dos outros, dançavam e cantavam”. O artigo acrescenta ainda que “as festividades coloniais de Halloween também contavam histórias de fantasmas e confusões de todos os tipos."

Na segunda metade do século XIX, a América foi inundada de novos imigrantes, especialmente os milhões de irlandeses que fugiram da fome da batata irlandesa (Irish Potato Famine), e que ajudaram a popularizar a celebração do Halloween nacionalmente. Hoje, com a influência da indústria cinematográfica americana mundo a fora, o jeito de celebrar o Halloween dos americanos foi difundido mundo a fora e copiado por quase todos os países em que se celebra essa data.



Por Lauralee N. Henry
A.A., BBA, M.S.Ed., MPsy - Professora particular de inglês

Gostou deste artigo? Gostaria de aprender mais sobre a cultura americana e estudar inglês? Não perca a oportunidade de aprender inglês com um professor nativo de língua inglesa. Laura é Mestre em Educação, Pós-graduada em TESOL com certificação em TEFL, ensina inglês há mais de 10 anos.

 
« StartPrev12NextEnd »

Page 1 of 2

Translate

Portuguese English Spanish