Home Cia Humor
Cia Humor | Política é coisa séria
Tuesday, 13 September 2016 00:00


Política sempre foi um assunto muito sério, tratado quase sempre pelo alto escalão. Só que hoje isto vem mudando a cada ano. Além de eleger governantes, a Política também “elege” formadores de opinião, pessoas estas que, muitas vezes, não fazem ideia do que estão falando ou defendendo. São formadores de opiniões pré-formadas, que abrem mão de amizades e seguidores em redes sociais – isso mesmo, redes sociais –, o único palanque para tais discussões tão acaloradas. Mas não é só de brigas e inimizades que a Política vem se enchendo. Não podemos nos esquecer das minorias que ano a ano vêm conquistando seu espaço.

Os Estados Unidos teve como primeiro presidente negro o nosso atual, sendo isto um marco importante para história do país e das minorias. Mais uma vez, em novembro deste ano, os Estados Unidos farão história ao eleger a primeira mulher presidente ou primeiro presidente alaranjado, que mais se parece com um personagem dos Simpsons, não só pelo bico avantajado ao discursar, mas também pela sua cor de cenoura. A candidata também não fica de fora de comparações com toda simpatia em seu sorriso super espontâneo, moldado a formol e a Botox; ela transmite uma simpatia tão contagiante que quase me convence que ela tem sentimentos.

Campanhas eleitorais são cheias de ofensas e acusações para todos os lados, uma briga de magnatas que querem passar a imagem de que se preocupam com o pobre, sendo que, muitas vezes, nunca nem viram um pobre de perto. Seria mais fácil se os dois tirassem a sorte na moeda para ver quem é o melhor, mas aposto que eles nem sabem o que é uma moeda. Essa disputa fica parecendo uma briga entre o Homem de Ferro e Batman, dois bilionários excêntricos que querem proteger a Terra a todo custo, nem que para isso tenham que destruir metade do planeta para conseguir.

A história dos Estados Unidos foi formada por muita luta e muito suor, lapidada por trabalhadores que sempre que necessário reergueram e reconstruíram o país com suas próprias mãos, e hoje possui tecnologia de ponta invejável a quase todo mundo, tecnologias essas que vêm para solidificar ainda mais o seu espaço no mundo como uma grande potência. Só que, infelizmente, todo esse legado americano pode vir por água a baixo.

De um lado temos um candidato que ao ameaçar mandar todos os imigrantes embora, assume a total incapacidade de construir um muro sem que nossos hermanos os ajudem, talvez por incompetência ou só pelo medo de sujar suas mãos lisas. Além de querer que o México construa o muro, eles, os imigrantes, ainda teriam que pagar pela obra. Acho que alguma coisa não está fechando nessa conta.

Na contramão temos uma candidata que, por mais que vivamos em uma era digital, ainda não sabe como usar uma conta de e-mail, expondo as fragilidades do seu país e de sua competência, sem falar nos escândalos em que estão envolvidas ela mesma, seu esposo e sua fundação.

Ainda bem que o futuro dos imigrantes e cidadãos americanos está nas mãos de Deus, porque se estivesse nas mãos desses dois, voltar para o Brasil não seria uma má ideia.



Kleber Pedroso
Humorista e redator

Last Updated on Tuesday, 13 September 2016 18:29
 
« StartPrev12345678910NextEnd »

Page 6 of 11

Translate

Portuguese English Spanish