Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/content/22/6219622/html/index.php:3) in /home/content/22/6219622/html/libraries/joomla/session/session.php on line 423

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/content/22/6219622/html/index.php:3) in /home/content/22/6219622/html/libraries/joomla/session/session.php on line 423

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/content/22/6219622/html/index.php:3) in /home/content/22/6219622/html/libraries/joomla/session/session.php on line 426
Bate Papo
Home Bate-Papo
Bate-Papo | EQUILÍBRIO HORMONAL PARA PERDA DE PESO
Tuesday, 20 April 2021 00:00


Conheça os hormônios que ajudam no processo de emagrecimento


Para descobrir se seus hormônios estão coniventes com suas células de gordura, vamos aprender um pouco sobre o que são e para que servem alguns hormônios. Feitos por nossos corpos, esses mensageiros químicos têm efeitos abrangentes: controlar o crescimento, desenvolver órgãos sexuais, direcionar os níveis de açúcar no sangue e, sim, influenciar o corpo, peso, gordura corporal e massa muscular. Os níveis de certos hormônios mudam com a idade e podem ocasionalmente causar ganho de peso.


hormônios mudam com a idade e podem ocasionalmente causar ganho de peso.


Quando se trata de hormônios e perda de peso, há um grande dilema se um pode causar o desequilíbrio do outro: 1º) O desequilíbrio hormonal causou ganho de peso?; ou 2º) as escolhas de dieta e estilo de vida causaram ganho de peso, o que desencadeou o desequilíbrio hormonal? A maioria dos médicos costuma dizer que é a segunda opção. De qualquer forma, os hormônios são uma parte crucial da equação quando se trata de perda de peso bem-sucedida, pois eles desempenham um papel em muitas funções corporais, que vão desde a regulação do apetite até o armazenamento de gordura. Ao ter uma melhor compreensão dos vários hormônios em seu corpo, você pode tomar decisões informadas sobre comportamentos e padrões que podem estar contribuindo para os desafios em sua jornada para perder peso.

Felizmente, as recomendações para perda de peso sustentável e equilíbrio hormonal são relativamente semelhantes. Se você está procurando perder peso, é importante conhecer os mesmos alimentos que ajudam a manter um peso saudável e também ajudam a equilibrar os hormônios associados ao armazenamento de gordura, aumento do apetite e ganho de peso. A seguir, uma lista completa de hormônios para manter em mente que podem, ou não, afetar sua gordura corporal com a idade ou tentar perder peso e como você pode fazer com que trabalhem a seu favor:


CORTISOL


Embora seja considerado um hormônio do estresse porque é secretado para nos ajudar a decidir se devemos lutar ou fugir, o cortisol também promove a secreção de insulina. Isso nos faz armazenar gordura em nossos corpos, especialmente em volta da cintura, uma das áreas mais perigosas para nossa saúde. Ele também pode aumentar nosso apetite, o que pode levar a comer demais e ganhar peso.

Dica: gerenciar o estresse e como você lida com ele é a chave para perder peso. Descubra o que funciona para você, seja fazer uma xícara de chá quando chegar ao ponto de ebulição mental, fazer uma caminhada diária, tomar um banho quente ou desfrutar de algum tempo na natureza. Se você tende a se estressar ao comer, isso ajuda a manter seus alimentos favoritos fora de casa.


GHRELIN (GRELINA)


A grelina é produzida pelo estômago e frequentemente chamada de hormônio da fome. É mais alto quando seu estômago está vazio e diminui depois que você come. Ele faz muitas coisas úteis no corpo, como preparar o estômago para processar os alimentos. Também sabemos que se a grelina aumenta, as pessoas são estimuladas a procurar comida e que o estresse pode produzir um aumento na quantidade de grelina. Níveis elevados de grelina na corrente sanguínea podem levar ao ganho de peso. É importante observar que os níveis de grelina também podem aumentar se alguém estiver em jejum ou em uma dieta estritamente restritiva.

Dicas: mais uma vez, controlar o estresse é fundamental, assim como fazer do sono uma prioridade, já que a privação pode aumentar os níveis de grelina. Recomenda-se também comer alimentos ricos em fibras e proteínas, que o mantêm saciado por mais tempo.


INSULIN (INSULINA)


O trabalho da insulina é conduzir a glicose (açúcar) para as nossas células. Embora o cortisol possa causar problemas com a insulina, nossos hábitos alimentares também podem. Quando habitualmente comemos alimentos ricos em açúcar, nosso corpo precisa produzir insulina constantemente para que a glicose possa ser utilizada por nossas células. Ao mesmo tempo, um nível elevado de insulina manda um sinal para o nosso corpo de que há excesso de açúcar, e ele precisa começar a convertê-lo em gordura e armazená-lo para depois. Esse excesso de tecido adiposo não apenas aumenta sua cintura, mas também faz com que as células percam a sensibilidade à insulina, sinalizando assim ao corpo para produzir mais insulina, causando ainda mais ganho de peso. Isso leva a um ciclo vicioso, conhecido como resistência à insulina, onde o corpo não responde mais normalmente à insulina. A resistência à insulina afeta uma em cada três pessoas nos Estados Unidos e é um precursor do diabetes tipo 2. A resistência à insulina pode tornar muito mais difícil perder peso, uma vez que o corpo não responde normalmente aos carboidratos.

Dicas: muitas pessoas pensam erroneamente que precisam se livrar completamente dos carboidratos para perder peso se tiverem problemas com insulina. O mais importante, porém, é escolher os tipos certos de carboidratos em porções adequadas. Fontes de alimentos integrais como batata-doce, grãos integrais e arroz integral podem ajudar a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, uma vez que esses “carboidratos não refinados retêm seu conteúdo de fibra, e a fibra ajuda a diminuir a resposta do corpo ao açúcar no sangue”, explica Rueven. Independentemente de você ter ou não resistência à insulina, é uma boa ideia fazer refeições balanceadas para controlar o açúcar no sangue e a resposta à insulina. O emparelhamento de carboidratos com proteína e gordura ajuda a diminuir a resposta do corpo ao açúcar no sangue. Por último, estudos mostram que o exercício regular pode ajudar a melhorar a sensibilidade à insulina, portanto, é importante manter uma rotina de exercícios.


LEPTIN (LEPTINA)


Produzida por células de gordura, a leptina sinaliza para o cérebro a quantidade de gordura existente no corpo. Quando os níveis de leptina estão baixos, você tende a sentir fome; quando os níveis de leptina estão altos, você tende a se sentir saciado. Mas é mais complicado do que isso. À medida que você começa a desenvolver obesidade, você começa a se tornar resistente à leptina. Então, você pode ter altos níveis de leptina, mas o cérebro não está registrando isso. Isso pode colocar você em risco de problemas cardíacos e diabetes.

Dicas: algumas pesquisas sugerem que a atividade física pode ajudar a controlar os níveis de leptina. Embora qualquer exercício possa ajudar, o treinamento de resistência parece ser mais eficiente na redução dos níveis de leptina. Como bônus, ser mais ativo também pode ajudá-lo a perder peso. O sono também é fundamental. A leptina é produzida durante o sono. Essa é uma das razões pelas quais as pessoas com sono depravado têm mais fome. Pesquisas demonstraram que tanto a privação aguda quanto a crônica do sono diminuem os níveis de leptina, portanto, tenha bons hábitos de sono - como guardar o telefone 30 minutos antes de dormir e manter o quarto frio a 18ºC - uma prioridade.


NEUROPEPTIDE Y


O neuropeptídeo Y (NPY) é um neurotransmissor liberado pelo hipotálamo. Isso estimula a ingestão de alimentos diminui o gasto de energia e pode levar ao ganho de peso. Normalmente, quando nosso açúcar no sangue está baixo porque não comemos há algum tempo, o NPY é liberado, o que estimula nosso apetite. Mas quando alguém não come com frequência suficiente ou está fazendo dieta crônica, o açúcar no sangue pode cair, o que desencadeia o NPY. Quando isso acontece regularmente, o NPY também começa a promover o armazenamento de gordura ou ganho de peso.

Dicas: evite jejuar ou passar muito tempo entre as refeições se você estiver tendo problemas com fome durante a perda de peso. Comer lanches ricos em proteínas entre as refeições é uma ótima maneira de equilibrar o açúcar no sangue, para que você evite ficar faminto e tomar decisões ruins sobre alimentos. Dietas de baixa proteína também podem estimular a produção de NPY, portanto, obter proteína suficiente em geral pode ajudar a otimizar os níveis de NPY.


ESTROGEN (ESTROGÊNIO)


Para as mulheres, os níveis de estrogênio muito altos ou muito baixos podem afetar o peso e a gordura corporal. Segundo pesquisas, ter níveis muito altos de estrogênio antes da menopausa, também conhecido como dominância de estrogênio, está associado ao ganho de peso e aumento do armazenamento de gordura. Altos níveis de estrogênio também podem causar resistência à insulina, levando ao ganho de peso. Por exemplo, mulheres com síndrome do ovário policístico (SOP) têm maior probabilidade de apresentar desequilíbrios de estrogênio e testosterona e apresentar resistência à insulina. Por outro lado, conforme as mulheres atingem a menopausa, os níveis de estrogênio no corpo começam a diminuir e o armazenamento de gordura é transferido das coxas e quadris para o abdômen. A gordura ao redor do abdômen é conhecida como gordura visceral e coloca você em risco de resistência à insulina, síndrome metabólica e até mesmo certos tipos de câncer.

Dicas: para mulheres na pré-menopausa, coma alimentos ricos em fibras e vegetais crucíferos. A fibra reduz a absorção de estrogênio no trato gastrointestinal e leva o excesso de estrogênio para fora do corpo por meio dos movimentos intestinais. E vegetais crucíferos como brócolis, couve-flor, repolho e couve contêm uma substância chamada indol-3-carbinol, que promove o equilíbrio do estrogênio ajudando o corpo a se livrar do excesso de estrogênio. Mulheres na pós-menopausa podem promover o equilíbrio concentrando-se em alimentos integrais em sua forma natural, como frutas, vegetais, grãos inteiros, legumes, nozes e sementes e proteína magra. O exercício regular também pode ajudar no equilíbrio do estrogênio.


TESTOSTERONE (TESTOSTERONA)


Baixa testosterona em homens pode afetar o peso em geral e tem sido associada ao ganho de peso. Níveis baixos de testosterona reduzem a massa muscular e o gasto calórico, então a deficiência de testosterona, às vezes chamada de “T baixo”, e pode levar ao ganho de peso ao longo do tempo e tornar a perda de peso mais difícil.

Dicas: os homens podem combater a perda de testosterona com exercícios. Estudos mostram que o treinamento de resistência, como levantamento de peso, é o melhor tipo de exercício para manter níveis saudáveis de testosterona. Mas é importante notar que, para um impacto duradouro na testosterona, o exercício deve ser um hábito regular. A pesquisa mostra que o treinamento intervalado de alta intensidade também é uma boa opção.


O QUE SÃO TERAPIA DE SUBSTITUIÇÃO HORMÔNICA E BHRT?


Conforme os homens e mulheres envelhecem, sua produção de hormônios começa a diminuir. Essa diminuição nos hormônios pode causar desequilíbrios e efeitos colaterais negativos, que podem contribuir para o ganho de peso. Hoje no mercado existem tratamentos de terapia de reposição hormonal (TRH) e a terapia de reposição hormonal bio idêntica (BHRT) para atender às necessidades específicas dos indivíduos. o HRT e o BHRT podem ser a a solução certa para alguns pacientes. Esses programas de perda de peso podem reduzir, retardar e prevenir o ganho de peso ou efeitos colaterais negativos. BHRT é uma terapia hormonal natural que usa hormônios derivados de plantas idênticos em estrutura química e molecular aos produzidos pelo corpo humano. Tanto a TRH quanto a BHRT devem ser sempre administradas por um médico com experiência em terapia de reposição hormonal.



da Redação

Last Updated on Tuesday, 20 April 2021 12:34
 
« StartPrev123456NextEnd »

Page 1 of 6

Translate

Portuguese English Spanish